Economia

BC: Saída de dólar supera entrada em US$ 14,758 bi no ano até 24 de abril

Crédito: Agência Brasil

Banco Central: fluxo em igual período do ano passado resultou positivo em US$ 1,648 bilhão (Crédito: Agência Brasil)

O fluxo cambial do ano até 24 de abril ficou negativo em US$ 14,758 bilhões, informou nesta quarta-feira, 29, o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era positivo em US$ 1,648 bilhão. Os dados refletem, em grande parte, os efeitos da pandemia do novo coronavírus sobre o fluxo de moeda estrangeira.

A saída pelo canal financeiro neste ano até 24 de abril foi de US$ 32,953 bilhões. O resultado é fruto de aportes no valor de US$ 176,301 bilhões e de envios no total de US$ 209,254 bilhões. O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

BC: posição cambial líquida está em US$ 305,579 bilhões

Ipea revisa projeção de alta do PIB agropecuário em 2020 de 3,8% para 2,4%

No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 24 de abril ficou positivo em US$ 18,195 bilhões, com importações de US$ 48,100 bilhões e exportações de US$ 66,296 bilhões. Nas exportações estão incluídos US$ 11,988 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 22,649 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 31,659 bilhões em outras entradas.

Abril

+ Jaguar Land Rover: a luta contra a falta de confiança dos consumidores

Depois de encerrar março com saídas líquidas de US$ 6,561 bilhões, o País registrou fluxo cambial negativo de US$ 3,405 bilhões em abril até o dia 24. Os dados refletem, em grande parte, os efeitos da pandemia do novo coronavírus sobre o fluxo de moeda estrangeira.

O canal financeiro apresentou saídas líquidas de US$ 7,251 bilhões no período. Isso é resultado de aportes no valor de US$ 28,383 bilhões e de retiradas no total de US$ 35,634 bilhões. O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo de abril até o dia 24 é positivo em US$ 3,846 bilhões, com importações de US$ 8,358 bilhões e exportações de US$ 12,204 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 2,127 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 4,123 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 5,953 bilhões em outras entradas.

Semana

Em meio aos efeitos da pandemia do novo coronavírus sobre a economia, o fluxo cambial registrado na semana passada (de 20 a 24 de abril) para o Brasil ficou negativo em US$ 1,880 bilhão. A semana teve apenas quatro dias úteis, em função do feriado do dia 21 (Dia de Tiradentes).

O canal financeiro apresentou saída líquida de US$ 2,786 bilhões na semana, resultado de aportes no valor de US$ 7,448 bilhões e de envios no total de US$ 10,234 bilhões. Este segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo na semana passada ficou positivo em US$ 906 milhões, com importações de US$ 2,220 bilhões e exportações de US$ 3,126 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 542 milhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 746 milhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 1,838 bilhão em outras entradas.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel