Economia

BC recua de propostas que reestruturam carreiras e aumentam salários



O Banco Central informou nesta quinta-feira, 12, por meio de nota que “detectou inconsistências” no texto de minuta de Medida Provisória para a reestruturação das carreiras e a modernização da gestão de pessoas nesta autarquia. Por esse motivo, de acordo com a autoridade monetária, fez sua retirada do Sistema de Geração e Tramitação de Documentos Oficiais do Governo Federal (Sidof).

Mais cedo, o Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, informou que, na proposta, o BC pedia um reajuste de 22% para analistas e técnicos do Banco a partir de junho. Também adiantou que o aumento de salário previsto para o presidente da instituição seria superior a 78%.