Economia

BC prorroga prazo para conclusão de inquérito na Hayata Corretora

O Banco Central prorrogou nesta quarta-feira, 22, por meio do Ato de Diretor nº 641, o prazo para conclusão do inquérito instaurado na Hayata Corretora de Câmbio S.A, atualmente em liquidação extrajudicial. O prazo foi prorrogado por 30 dias.

A liquidação extrajudicial havia sido decretada em novembro do ano passado, considerando “as graves violações às normas legais efetuadas pela Sociedade Corretora de Câmbio”.

Na época, o Broadcast (serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado) apurou que a corretora teria cometido irregularidades como a importação fictícia de produtos.

Operações fictícias – em que são declaradas compras de mercadorias sem que elas entrem, efetivamente, no território nacional – geralmente são utilizadas para o envio de dólares ao exterior. As operações também eram feitas em valores menores, para que não entrassem no radar de instituições como o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

O ato desta quarta foi assinado pelo diretor de Organização do Sistema Financeiro e Resolução, Sidnei Corrêa Marques.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?