Finanças

Banco Central completa oferta de US$ 1,5 bi com segunda intervenção no mercado de dólar

Banco Central completa oferta de US$ 1,5 bi com segunda intervenção no mercado de dólar

(Arquivo) O Banco Central (BC) deve reduzir nesta quarta-feira (16) a taxa básica de juros Selic em 0,25 ponto, a um novo mínimo histórico de 6,25%, para tentar incentivar a economia, que não consegue decolar - AFP

O Banco Central vendeu nesta quinta-feira, 30, ao mercado 16.150 contratos (US$ 807,5 milhões) de swap cambial, em operação cujo efeito é equivalente à venda de dólares no mercado futuro. O leilão foi o segundo do dia que representa a injeção de recursos novos no sistema. Pouco antes, o BC já havia vendido 13.850 contratos (US$ 692,5 milhões).

Com esta segunda operação de recursos novos, o BC completou a oferta de 30.000 contratos (US$ 1,5 bilhões), anunciada originalmente. Na operação, o BC colocou contratos para dois vencimentos.

Para 1º de novembro de 2018, foram negociados 601 contratos, no valor de US$ 30,0 milhões, com taxas nominal de 7,9797% e linear de 7,750%. O PU mínimo ficou em 98,682900 e não houve porcentual de corte.

Para 1º de abril de 2019, foram negociados 15.549 contratos, no valor de US$ 777,4 milhões, com taxas nominal de 5,7098% e linear de 5,670%. O PU mínimo ficou em 96,754100 e o porcentual de corte foi de 82,60%.