Negócios

BBB21: Marcas patrocinadoras do programa somam mais 12 milhões de buscas na internet

Crédito: Divulgação - Globo

A estimativa é que o BBB somou mais de R$ 530 milhões com as cotas cedidas a marcas que anunciaram durante as provas, intervalos e ações dentro do programa (Crédito: Divulgação - Globo)

O Big Brother Brasil termina nesta terça-feira (3) e fecha mais uma edição com números que impressionam o mercado nacional. A estimativa é que o programa somou mais de R$ 530 milhões com as cotas cedidas a marcas que anunciaram durante as provas, intervalos e ações dentro do programa. Pensando em entender o interesse que os brasileiros têm no programa, a Semrush, plataforma SaaS de gerenciamento de visibilidade online e marketing de conteúdo, fez o levantamento do perfil de buscas das marcas mais citadas.

O primeiro lugar é ocupado pela Americanas, com mais de 6,8 milhões de buscas pela marca na internet em média durante os meses de janeiro e fevereiro deste ano. A marca era a responsável pelas compras de comida do VIP e da Xepa da casa mais vigiada e o patrocinador ainda investiu em ações pontuais com os brothers. Em segundo lugar temos a Samsung, com mais de 1,6 milhão de buscas em média, no mesmo período. A marca patrocinou a última prova do líder, com direito a cupom de desconto para os telespectadores e presente tanto em dinheiro quanto em produtos para o último líder.

+ BBB 21: Juliette pode ganhar até R$ 1,7 milhão por mês como influenciadora digital

Em terceiro lugar está o Ifood com 1,5 milhão de buscas durante os dois primeiros meses de 2021. O app de entrega foi responsável pelas ações de almoço do líder, ações pontuais com os brothers e ainda forneceu todas as refeições para a sister que foi eliminada no paredão falso.

O quarto lugar ficou com McDonald ‘s, com mais de 1,2 milhão de buscas no período, com um patrocínio de prova do líder e uma festa que permitia que o telespectador comprasse as roupas fornecidas pela marca para os participantes do BBB.

Logo depois a marca que recebeu mais de 823 mil buscas no período analisado foi a Avon. As maquiagens fornecidas e algumas ações pontuais dentro da casa foram patrocinadas pela empresa. O sexto lugar é ocupado pela Picpay com mais de 561 mil buscas entre janeiro e fevereiro de 2021. O aplicativo da fintech nacional patrocinou toda a “moeda” dentro da casa, aparecendo ainda nos almoços oferecidos ao anjo e seus convidados e presenteando o ganhador das provas com dinheiro para familiares usufruírem no app.

+ Jaguar Land Rover: a luta contra a falta de confiança dos consumidores

Em sétimo temos a C&A com 450 mil buscas entre janeiro e fevereiro de 2021. A marca fez ativações de marketing em que os brothers experimentaram roupas das coleções novas, lançadas em tempo real para as lojas e ecommerce da marca para os telespectadores do programa.

A Fiat, famosa por protagonizar provas de resistência com recorde de tempo, obteve mais de 413 mil buscas durante o período e ocupa o oitavo lugar. A marca patrocinou provas para divulgar o lançamento de um carro novo que será um dos presentes para o vencedor desta edição.

O ranking é seguido pela plataforma de streaming de músicas Deezer com mais de 273 mil buscas, apesar da marca ter feito apenas propagandas nos intervalos do programa em um dos horários mais nobres da emissora e uma parceria para assinantes do GloboPlay, alcançou o top dez de marcas mais buscadas.

Por fim, a Coca Cola teve 246 mil buscas nesse período analisado. A marca patrocinou alguns cinemas do líder e ofereceu a bebida à vontade para os brothers convidados para o evento.

“O programa do Big Brother Brasil é uma das vitrines mais caras para se expor produtos nos primeiros meses do ano. O investimento é bastante significativo, e o retorno é quase sempre certo. As marcas que embarcam nessa jogada precisam estar preparadas para atender uma demanda grande de busca, tráfego no site e segurança online para se certificar de que a estratégia está sendo efetiva. Técnicas de SEO podem auxiliar as marcas a se rankear corretamente no google para serem achadas com facilidade pelos usuários e evitar perder esse cliques”, pontua Fernando Angulo Fernando Angulo, Head of Communications da Semrush.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel