Dinheiro em Ação

BB acelera migração para o digital

BB acelera migração para o digital

Papéis avulsos

Metade dos financiamentos de veículos concedidos pelo Banco do Brasil, presidido por Paulo Roberto Cafarelli, são aprovados pelo aplicativo desenvolvido para smartphones. Somente em novembro, o valor liberado bateu um recorde de R$ 69,1 milhões. A tecnologia permite ao cliente enviar a documentação para aprovação da contratação pelo celular, e o banco transfere o dinheiro para a conta da concessionária ou do vendedor. O BB pretende ampliar a base de clientes que abrem e operam a conta corrente pelo aplicativo, iniciativa batizada de “Conta Fácil”. Hoje, o serviço alcança 1,4 milhão de correntistas.
A partir de meados de dezembro, a facilidade vai ser oferecida também aos sete milhões de micro empreendedores individuais (MEIs). Antes de ser oferecida ao público, a plataforma digital foi testada por 100 clientes. No ano, as ações do BB aumulam alta de 9,6%.

 

Quem vem lá

Smart Fit se aquece para ir à Bolsa

A rede de academias de ginástica Smart Fit, do grupo Bio Ritmo, deu mais um passo em direção a abertura de capital. A companhia anunciou, na segunda-feira 27, que o Conselho de Administração aprovou a conversão do registro de emissor de valores mobiliários da categoria B para a categoria A, o que permite à companhia emitir ações e debêntures. O Conselho também aprovou a reforma do estatuto social da Smart Fit, para adaptá-lo às exigências de companhias abertas exigidas no regulamento do Bovespa Mais Nível 2, o segmento de acesso da B3 destinado às empresas que querem testar sua participação no mercado. Será a primeira empresa do setor no pregão.

 

Privatização

Eletrobras receberá R$ 11,2 bilhões

O Ministério de Minas e Energia detalhou na quinta-feira 30 o processo de aumento de capital da Eletrobras. Para a União passar a deter menos de 50% do capital votante da empresa, seria necessária a emissão primária de 553.036.344 novas ações ordinárias, o que significa a entrada de R$ 11,2 bilhões no caixa da companhia.

 

Touro x Urso

O Ibovespa acumulou em novembro o pior desempenho mensal desde maio ao recuar 3,47%, para 71.733 pontos. A Bolsa operou com forte volatilidade durante toda a semana, por conta das incertezas em relação à aprovação da reforma da Previdência na Câmara. Caso a matéria não passe, a percepção do mercado é que os investidores estrangeiros deverão reduzir sua exposição ao País.

 

Destaque no pregão

Braskem antecipa R$ 1 bi em dividendos

A Braskem anunciou, na terça-feira 28, que vai adiantar a distribuição de R$ 1 bilhão em dividendos, referentes ao exercício de 2017. A quantia vai ser paga aos acionistas no dia 12 de dezembro. A controladora Odebretch vai receber R$ 384 milhões, e a Petrobras, segunda maior acionista, levará R$ 362,2 milhões. No terceiro trimestre, a empresa presidida por Fernando Musa lucrou R$ 763,8 milhões, queda de 6,6% ante 2016. No mesmo período, sua receita líquida somou R$ 12,1 bilhões, alta de 2% na comparação anual. No começo de outubro, a petroquímica realizou a maior captação da sua história ao levantar R$ 1,75 bilhão em bônus no mercado externo. O montante será direcionado especialmente para diminuir o endividamento, que soma R$ 5,78 bilhões. As ações encerraram o mês de novembro com queda de 9,41%.

Palavra do analista:
Para Ari Santos, gerente de renda variável da corretora H. Commcor, o anúncio da distribuição de dividendos não foi suficiente para proteger o papel do movimento vendedor que ganhou força na Bolsa, na última semana. “Se a reforma da Previdência for aprovada, o papel tende a recuperar essa queda”, diz ele.

 

Varejo

Gávea reduz participação na Hering

A gestora de recursos Gávea Investimentos, fundada por Armínio Fraga, anunciou, na quarta-feira 29, que reduziu sua participação no capital da empresa varejista Hering de 9,96% para 3,41%. A gestora informou que o movimento não visa alterar a estrutura societária da companhia, e a decisão seguiu critérios de maturação de investimentos. No ano, até a quinta-feira 30, as ações da Hering subiam 99,18%.

 

 

Mercado em números

BURGER KING
R$ 1,9 bilhão – É o valor máximo que a subsidiária brasileira da lanchonete americana deve movimentar na sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês). O preço das ações será fixado no dia 14 de dezembro

ETERNIT
15,5% – Foi o percentual de queda das ações da companhia na quarta-feira 29, quando a justiça proibiu o uso de amianto em todo o País. A substância, considerada cancerígena, é a matéria-prima do principal produto da empresa, as telhas brancas

TARPON
R$ 499,2 milhões – É quanto a empresa de participações recebeu do grupo paulista Mafra por suas ações da Cremer, uma das principais fornecedoras de material descartável para saúde do Brasil

VIA OESTE
R$ 330 milhões – É quanto a concessionária pretende captar por meio da emissão de debêntures, para reforçar o caixa da companhia

DURATEX
R$ 6,2 milhões – É o montante que a fabricante de louças sanitárias e painéis de madeira desembolsou para comprar 28,57% de participação no portal de conteúdo para decoração Viva Decora