Economia

Bayer registra prejuízo líquido de € 10,5 bilhões devido ao glifosato

Bayer registra prejuízo líquido de € 10,5 bilhões devido ao glifosato

Sede da Bayer em Leverkusen - AFP/Arquivos

O grupo químico alemão Bayer anunciou nesta quinta-feira um prejuízo líquido de 10,5 bilhões de euros (12,789 bilhões de dólares) devido ao custoso acordo assinado para encerrar uma disputa jurídica sobre o herbicida glifosato nos Estados Unidos.

O resultado operacional do grupo também ficou no vermelho, -16,1 bilhões de euros, devido às provisões relacionadas com o acordo sobre o glifosato assinado em junho nos Estados Unidos, afirma a empresa em um comunicado.

Apesar dos resultados, a Bayer expressou confiança para o ano de 2021 e afirmou que “espera um crescimento sólido e lucros estáveis”.

A empresa espera um aumento de 3% do volume de negócios, que ficaria entre “42 e 43 bilhões de euros.

O grupo alemão assinou no ano passado um acordo de 10,9 bilhões de dólares para saldar 90.000 das 125.000 demandas nos Estados Unidos contra o Roundup, pesticida a base de glifosato comercializado por sua filial Monsanto, adquirida em 2018.

O RoundUp foi classificado em 2015 como “provavelmente cancerígeno” pelo Centro Internacional de Pesquisas contra o Câncer (Circ), vinculado à OMS.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel