Mundo

Banco Mundial anuncia ajuda de US$ 280 milhões para o Afeganistão

Crédito: AFP/Arquivos

O dinheiro do Fundo Fiduciário de Reconstrução do Afeganistão (ARTF) será destinado à Unicef e ao Programa Mundial de Alimentos (Crédito: AFP/Arquivos)



Doadores internacionais concordaram em arrecadar US$ 280 milhões em ajuda “para fornecer assistência humanitária ao povo do Afeganistão neste momento crítico”, informou o Banco Mundial nesta sexta-feira (10).

O dinheiro do Fundo Fiduciário de Reconstrução do Afeganistão (ARTF) será destinado à Unicef e ao Programa Mundial de Alimentos, declarou o Banco Mundial em um comunicado.

“Esta decisão é a primeira etapa com vistas a realocar os recursos da carteira do ARTF” para o povo afegão, acrescentou a instituição.

+Relatório mostra influência crescente da China no Banco Mundial e outras instituições globais




O ARTF é um fundo de ajuda especial de doadores múltiplos, que coordena a ajuda internacional para melhorar a vida de milhões de afegãos.

O Banco Mundial administra o ARFT em nome de seus sócios doadores.

A população afegã enfrenta uma grave crise econômica, escassez de alimentos e uma pobreza crescente desde que os talibãs tomaram o poder, em meados de agosto.


O país sofre, ainda, com uma grave crise de liquidez, depois que doadores internacionais suspenderam a ajuda maciça que sustentava seu orçamento há 20 anos.

Uma das dificuldades é a forma de canalizar os recursos no Afeganistão sem expor as instituições financeiras às sanções americanas.

O Banco Mundial evita esta dificuldade realocando fundos através de organismos das Nações Unidas.