Ciência

Bahrein é segundo país a aprovar vacina Pfizer/BioNTech contra a covid-19

Crédito: Arquivo / AFP

O primeiro País a aprovar a vacina foi o Reino Unido (Crédito: Arquivo / AFP)

O Bahrein anunciou nesta sexta-feira (4) a aprovação urgente da vacina contra o coronavírus da Pfizer/BioNTech, tornando-se o segundo país a autorizar a administração dessa vacina, poucos dias depois do Reino Unido.

“A aprovação da vacina Pfizer/BioNTech fornecerá um elemento adicional importante para a ação nacional do reino contra a covid-19, que tem insistido fortemente na proteção da saúde dos cidadãos e residentes durante a pandemia”, informou Mariam Al Jalahma, diretora do órgão regulador nacional de saúde, em nota divulgada pela Bahrain News Agency (BNA).

+ Pfizer vende 54 milhões de doses a Chile, Peru e México e cobra decisão do Brasil
+ Pfizer reduz meta de lançamento de vacinas com obstáculos em suprimentos

Al Jalahma não especificou as datas previstas para o início da vacinação.

“Esta autorização é o objetivo pelo qual trabalhamos quando declaramos que a ciência venceria”, disse Lindsey Dietschi, responsável pela Pfizer no Golfo, citada pela BNA.

O reino do Bahrein, que registrou mais de 87 mil casos de coronavírus, dos quais 341 resultaram em mortes, aprovou em novembro a vacina da empresa chinesa Sinopharm para os funcionários da saúde.

O Reino Unido foi o primeiro país do mundo a autorizar a vacina contra a covid-19 da parceria entre as empresas alemã BioNTech e norte-americana Pfizer, que começará a ser comercializada na próxima semana, anunciou o governo britânico na quarta-feira.

Desde que estourou na China no final de 2019, o novo coronavírus causou mais de 1,5 milhão de mortes e mais de 65 milhões de infecções pelo mundo.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel