Economia

Azul diz que abertura de Congonhas para novos entrantes não acirra competição

Embora comemore a decisão da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) de redistribuir os horários de pousos e decolagens (slots) da Avianca, a Azul acredita que essa abertura para novos entrantes aumenta o número de empresas presentes em Congonhas mas não acirra a competição.

Em nota enviada à imprensa, a aérea alerta para o fato de que, “sem providências adicionais, será inevitável a fragmentação dos voos entre várias empresas entrantes em Congonhas, subaproveitando a oferta de assentos e a receita da administração aeroportuária”.

A operação desses slots com aeronaves menores, na visão da companhia, representa um uso ineficiente de recursos públicos, impedindo a entrada efetiva de qualquer novo concorrente na ponte aérea Congonhas-Rio e Congonhas-Brasília.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel