Economia

Auxílio emergencial: 2ª parcela para nascidos em julho será liberada hoje

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

O banco vai pagar ainda a 1ª, 3ª ou 4ª parcela dos R$ 600 nesta quarta-feira (12) para os nascidos em julho que aguardam estas prestações (Crédito: Arquivo/Agência Brasil)

A Caixa Econômica Federal vai pagar hoje (12) a 2ª  parcela do auxílio emergencial em conta digital para quem nasceu em julho.

+ Nascidos em outubro recebem 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (19)
+ Nascidos em setembro recebem a 4° parcela do auxílio nesta segunda-feira (17)

O banco vai pagar ainda a 1ª, 3ª ou 4ª parcela dos R$ 600 nesta quarta-feira (12) para os nascidos em julho que aguardam estas prestações.

Segundo o calendário do Ciclo 1 da Caixa, os créditos são liberados pelo mês de aniversário. Portanto, todos aqueles que nasceram em julho e aguardam a 1ª, 2ª, 3ª ou a 4ª prestação deverão receber o valor hoje.

Nesta quarta, aqueles que estão se programando para receberem suas prestações poderão utilizar os R$ 600 para compras e pagamentos de contas pelo cartão virtual do aplicativo Caixa Tem.

O banco público também vai liberar o 2º pagamento do auxílio para quem nasceu em agosto nesta semana. Esse dinheiro será liberado na conta digital na sexta-feira (14).

O valor referente à 2ª parcela para os nascidos em julho poderá ser sacado em dinheiro no dia 27 de agosto. Essa é a regra do calendário do Ciclo 1 da Caixa.

A 5ª parcela vai começar a ser paga no dia 28 de agosto, para nascidos em janeiro, conforme a regra do Ciclo 2 da Caixa.

Confira a sua situação do cadastro do auxílio aqui e veja abaixo o calendário de pagamentos completo do Ciclo 1:

Calendário de pagamentos para o Ciclo 1
Calendário de pagamentos para o Ciclo 1 (Crédito:Divulgação)

Contestação

Se você teve o seu pedido negado, existe a possibilidade de contestação da negativa pelo site da Dataprev. O prazo para novos pedidos para o auxílio emergencial acabou no dia 2 de julho.

Este canal poderá ser utilizado por quem era menor de idade e completou 18 anos recentemente, ou ex-servidores públicos ou ex-militares que perderam esse vínculo com o Estado ou pessoas que perderam o emprego e não têm direito a auxílio-desemprego ou não recebem o Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda.

Para outras situações, os caminhos para a contestação são o site da Caixa Econômica Federal, o aplicativo Caixa – Auxílio Emergencial e a solicitação via Defensoria Pública da União (DPU).

 

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?