Economia

Autoridades de Brasil e Paraguai negociam reabertura da Ponte da Amizade

Autoridades de Brasil e Paraguai negociam reabertura da Ponte da Amizade

Militares bloqueiam acesso à Ponte da Amizade em Ciudad del Este, Paraguai, na fronteira com o Brasil, 18 de março de 2020 - AFP

Autoridades de Brasil e Paraguai negociam uma “reabertura inteligente” da Ponte da Amizade, que une Ciudad del Este e Foz do Iguaçu, reativando a via, de tráfego intenso, fechada há mais de quatro meses aos turistas devido à pandemia do novo coronavírus.

“Queremos uma reabertura inteligente, responsável e segura para reativar a economia da região”, disse a jornalistas o prefeito de Ciudad del Este, Miguel Prieto, ao anunciar as negociações. O chefe regional reuniu-se hoje em Foz do Iguaçu com o prefeito daquela cidade, Chico Brasileiro, para discutir a possível reabertura da Ponte da Amizade.

Os prefeitos concordaram em realizar um próximo encontro entre funcionários dos dois países via teleconferência, para discutir os detalhes do desbloqueio da fronteira. “Apoiamos uma reabertura inteligente. Queremos dar segurança aos paraguaios”, assinalou Brasileiro.

O contato foi o primeiro em pouco mais de quatro meses de pandemia, e aconteceu em um momento de pico de infecções no Paraguai, com Ciudad del Este como epicentro. A escalada do número de casos obrigou as autoridades a retroceder nas medidas de desconfinamento, mas a decisão causou distúrbios na fronteira.

Em meio à pressão social e empresarial, o governo paraguaio autorizou a atividade comercial na cidade fronteiriça, mas com horário restrito. Sindicatos de empresários de ambas as fronteiras propuseram uma reabertura com controle sanitário e testes aleatórios de Covid-19 em turistas e compradores.

Estima-se que em Ciudad del Este, de cerca de 600 mil habitantes, transitem cerca de 25 mil trabalhadores brasileiros residentes em Foz do Iguaçu. “Estamos dispostos a ajudar o Paraguai inclusive na área de saúde”, assinalou Chico Brasileiro, que busca uma solução negociada para o retorno ao trabalho de seus compatriotas na cidade vizinha.

Segundo o relatório mais recente do Ministério da Saúde paraguaio, o país registra 6060 casos de coronavírus e 61 mortos.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?