Sustentabilidade

Austrália se oporá a listar a Grande Barreira de Corais como patrimônio em perigo

Austrália se oporá a listar a Grande Barreira de Corais como patrimônio em perigo

Vista aérea da Grande Barreira de Corais, na Austrália, 20 de novembro de 2014 - AFP

A Austrália se oporá a um plano da Unesco de incluir a Grande Barreira de Corais na lista de patrimônio mundial em perigo devido à deterioração causada pela mudança climática, anunciou o governo nesta terça-feira (22).

A Unesco publicou nesta segunda-feira um relatório preliminar no qual recomenda que o status da Grande Barreira de Corais, incluída no patrimônio mundial desde 1981, seja degradado devido à sua deterioração, em grande parte em função dos episódios de branqueamento dos corais, consequência de distúrbios climáticos.

“Concordo que a mudança climática global é a maior ameaça aos recifes do mundo, mas é errado, em nossa opinião, designar o recife mais bem administrado do mundo para uma lista (de locais) ‘em perigo'”, declarou a ministra australiana do Meio Ambiente Susan Ley.

A Austrália irá tentar barrar o projeto, que vai contra “garantias prévias de altos funcionários da ONU”, afirmou a ministra em um comunicado, a um mês da próxima sessão do comitê do patrimônio mundial da Unesco, marcada para julho.



Segundo Ley, a decisão da Unesco não leva em consideração os bilhões de dólares gastos na proteção da Grande Barreira de Corais, localizada no nordeste da Austrália.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago