Economia

Aumentar impostos para bancar Auxílio ‘não tem o menor cabimento’, diz Pacheco

Crédito: Antonio Cruz /Agência Brasil

Pacheco afirmou que é preciso encontrar uma forma para financiar o benefício, mas que esse é papel do governo (Crédito: Antonio Cruz /Agência Brasil)



O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), rejeitou a ideia de aumentar os imposto para bancar o Auxílio Brasil com a criação de um programa social permanente.

O auxílio permanente deve ser incluído na PEC dos Precatórios, conforme proposta do líder do governo e relator da medida no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), mas sem apontar uma fonte de financiamento.

Caixa paga hoje Auxílio Brasil para beneficiário com NIS final 6

Em entrevista coletiva, Pacheco afirmou que é preciso encontrar uma forma para financiar o benefício, mas que esse é papel do governo. Ao Congresso, nas palavras do presidente do Senado, cabe avaliar a alternativa e votar.




Mais cedo, o líder do governo insistiu na taxação de lucros e dividendos como o “candidato natural” para bancar o auxílio de forma permanente a partir de 2023. Pacheco, no entanto, foi no sentido contrário.

O presidente do Senado citou corte de gastos e revisão de benefícios como formas de financiar o auxílio permanente. “O que não podemos é, a pretexto de sustentar qualquer tipo de programa, querer aumentar imposto porque isso não tem menor cabimento a essa altura.”

Pacheco reforçou a intenção de aprovar a PEC para viabilizar o pagamento do Auxílio Brasil com um benefício de R$ 400 ainda neste ano. O governo quer votar a proposta no plenário na próxima terça-feira, 30. A data não foi expressamente garantida pelo presidente do Senado.







Tópicos

auxílio brasil 2022 Auxílio Brasil 30 bilhões Auxílio Brasil anúncio Auxílio Brasil baixas na equipe econômica Auxílio Brasil Bolsa Família Auxílio Brasil bolsonaro Auxílio Brasil Bolsonaro anuncia nesta quarta auxilio brasil cadastro auxílio Brasil Cadúnico auxílio Brasil como consultar CPF auxílio Brasil extra-teto auxílio Brasil famílias auxílio Brasil fonte Auxílio Brasil Funchal Auxílio Brasil guedes auxílio Brasil impostos Rodrigo Pacheco auxílio Brasil inflação Auxílio Brasil João Roma benefício complementar Auxílio Brasil João Roma Ministro da cidadania Auxílio Brasil manobra teto de gastos auxílio brasil ministério da cidadania Auxílio Brasil novo Bolsa Família 2022 auxílio Brasil novo valor Auxílio Brasil o que muda Auxílio Brasil parte fora do teto Auxílio Brasil por que o governo recuou Auxílio Brasil quando será anunciado Auxílio Brasil quem não está de acordo auxílio Brasil quem pode se inscrever auxílio brasil reajuste 17% auxílio brasil reajuste menor auxílio Brasil renda Auxílio Brasil valor auxílio Brasil votos câmara auxílio eleições 2022 auxílio prorrogação auxílio temporário 2022 bolsa família auxílio 2022 ciaxa paga hoje auxílio Brasil NIS final Guedes caiu? guedes demissão o que falta para aprovar auxílio de 400 Pacheco Pacheco Auxílio Brasil PEC precatórios proposta de distribuição de renda 2022 quando começa Auxílio Brasil quem paga o Auxílio Brasil? quem recebe Auxílio Brasil hoje renda brasil 2022 Senado valor 180 400