Negócios

Audiência com presidente do BB na Câmara termina em discussão sobre a Cassi

Uma audiência pública na Câmara dos Deputados com o presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, terminou nesta terça-feira, 10, em discussão generalizada sobre o futuro da Cassi – o plano de saúde da instituição. Os ânimos se exaltaram após Novaes relatar aos deputados que a proposta de recuperação do plano foi aprovada pelos funcionários do BB. Esta aprovação é contestada por sindicalistas.

“O Banco do Brasil submeteu uma proposta de ajuste, porque a Cassi estava em situação atuarial muito grave. Já na administração passada foi apresentado um ajuste”, disse Novaes, acrescentando que, naquele momento, os funcionários não aceitaram a proposta. “Nossa administração insistiu em colocar a proposta em nova consulta”, acrescentou.

No fim de novembro, conforme informou o Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado), os associados da Cassi aprovaram com 81.982 mil votos a mudança estatutária que possibilita a recuperação financeira do plano e a adequação dos indicadores que motivaram a instauração da direção fiscal pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), órgão regulador do setor. A votação atingiu os dois terços de aprovação, o que permite que a mudança possa ser implantada.

Essa aprovação, no entanto, é contestada por sindicalistas, que defendem que os dois terços não foram atingidos.

Presentes à audiência pública, eles interromperam o presidente do Banco do Brasil aos gritos e acusaram suposto desrespeito estatutário na aprovação da recuperação. Além disso, acusaram a assessoria de Novaes de estar mentindo ao presidente do Banco do Brasil em relação à Cassi. Em meio à confusão, a audiência pública foi encerrada.

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?