Giro

Atenas diz que já não há migrantes menores desacompanhados nos acampamentos das ilhas gregas

Atenas diz que já não há migrantes menores desacompanhados nos acampamentos das ilhas gregas

Solicitantes de asilo se reúnem em estrada de Lesbos por distribuição de comida, em 13 de setembro de 2020 - AFP

Não há mais migrantes menores desacompanhados nos campos de recepção e identificação do Mar Egeu, depois que o principal foi queimado na ilha de Lesbos, informou neste domingo (27) o ministro grego das Migrações, Notis Mitarachi.

“Agora não há menores desacompanhados em nenhum dos centros de recepção e identificação das ilhas”, disse o ministro em entrevista à rádio Real.

Respondendo a uma pergunta sobre as acusações de que a Grécia expulsa os migrantes, Mitarachi disse que se o número de recém-chegados é baixo é porque “a Grécia quebrou a cadeia de traficantes [humanos] no Mar Egeu”.

A Grécia abriga mais de 24.000 refugiados em acampamentos, a maioria em suas ilhas. Metade deles ainda está em Lesbos.

As condições de vida no acampamento temporário erguido às pressas para abrigar os migrantes que ficaram sem abrigo depois do incêndio no campo de Moria têm sido criticadas pelas ONGs.

Apesar dos esforços do governo para transferir milhares de pessoas para a Grécia continental desde o início deste ano, continua crítica a situação nas ilhas.

Dez países da União Europeia se comprometeram a hospedar cerca de 400 migrantes menores desacompanhados, evacuados de Lesbos.

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?