Mundo

Ataque suicida deixa 33 mortos no Afeganistão

Ataque suicida deixa 33 mortos no Afeganistão

Menino é atendido após multiplas explosões em Jalalabad - AFP

Ao menos 33 pessoas morreram e 128 ficaram feridas nesta terça-feira em um ataque suicida contra manifestantes no leste do Afeganistão.

“Um homem-bomba detonou sua carga no meio dos manifestantes”, afirmou o porta-voz do governo da província de Nangahar, Ataullah Jogyani.

O primeiro balanço mencionava cinco mortos e 30 feridos.

Os manifestantes protestavam contra a nomeação do novo chefe de polícia e bloqueavam a fronteira com o Paquistão.

Também nesta terça-feira, um menor de idade morreu e quatro pessoas ficaram feridas em um ataque contra uma escola para meninas em Jalalabad, leste do Afeganistão.

Uma primeira explosão aconteceu diante da escola Malika Omaira às 8H30 locais, informou o porta-voz Ataullah Jogyani.

Uma segunda explosão ocorreu quando os alunos de uma escola para meninos, vizinha ao primeiro estabelecimento, seguiram para o local.

Até o momento nenhum grupo reivindicou os ataques. A região tem uma forte presença dos talibãs e do grupo extremista Estado Islâmico (EI).

Os dois grupos são contrários à educação para as mulheres e forçaram o fechamento de várias escolas no Afeganistão.