Giro

Ataque reivindicado pelos talibãs mata 14 integrantes das forças afegãs

Ataque reivindicado pelos talibãs mata 14 integrantes das forças afegãs

Presos talibãs são transportados após libertação da prisão de Bagram, a 50 quilômetros de Cabul, em 26 de maio de 2020 - AFP/Arquivos

Ao menos 14 integrantes das forças de segurança morreram nesta sexta-feira em um ataque na região leste do país, o primeiro reivindicado pelos talibãs desde a trégua que expirou na terça-feira, informou o governo afegão.

“Durante a noite passada, os mujahedines (combatentes) executaram dois ataques contra posições do inimigo recentemente instaladas na província de Paktia”, afirmou no Twitter o porta-voz dos insurgentes, Zabihullah Mujahid.

Ele indicou que 14 soldados afegãos morreram e um foi capturado.

“O inimigo tentou recentemente expandir-se a todos os territórios dos mujahedines”, afirma o texto.

O ministério da Defesa anunciou que os ataques deixaram 14 mortos e três feridos entre seus integrantes e que os “talibãs violaram o cessar-fogo durante a noite, atacando um posto da polícia de fronteira”.

O ataque teve uma resposta e os insurgentes sofreram “perdas importantes”, afirmou o ministério. Os talibãs anunciaram apenas duas mortes entre seus integrantes.

Esta é o primeiro ataque reivindicado pelos talibãs após o fim do cessar-fogo que o grupo decretou no sábado pelo fim do Ramadã e que foi respeitado de domingo até terça-feira.

Veja também

+ Receita abre consulta a segundo lote de restituição de IR, o maior da história
+ Homem encontra chave de fenda em pacote de macarrão
+ Baleias dão show de saltos em ilhabela, veja fotos!
+ 9 alimentos que incham a barriga e você não fazia ideia
+ Modelo brasileira promete ficar nua se o Chelsea for campeão da Champions League
+ Cuide bem do seu motor, cuidando do óleo do motor
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança