Giro

Ataque com faca em Vancouver deixa um morto e seis feridos

Crédito: AFP/Arquivos

Vista do centro de Vancouver - (Crédito: AFP/Arquivos)

Uma mulher morreu e seis pessoas ficaram feridas no sábado em um bairro considerado tranquilo de Vancouver, oeste do Canadá, depois que foram esfaqueados por motivos desconhecidos por um homem que foi rapidamente detido.

Seis pessoas foram hospitalizadas depois do ataque, que aconteceu durante a tarde perto da biblioteca pública de Lynn Valley, uma área nobre da zona norte de Vancouver, que estava em choque.

Atentado contra catedral indonésia deixa 14 feridos no Domingo de Ramos

“Temos seis vítimas que sofreram ferimentos com uma arma branca”, afirmou o sargento Frank Jang, da Polícia Criminal de Vancouver.



“Temos uma vítima que, infelizmente, não resistiu aos ferimentos. A vítima é uma mulher”, disse.

O homem detido tem antecedentes criminais, informou Jang.

Os investigadores acreditam que o agressor atuou sozinho, mas ainda não determinaram sua motivação.

“Acreditamos que temos o único suspeito sob custódia”, disse Jang. “Acreditamos que sabemos quem fez, onde e quando. Nosso trabalho agora é investigar por quê”, completou.

O ataque, em um bairro tranquilo da cidade, deixou todos abalados.

“Para dizer o mínimo é absolutamente impactante. Para todos, incluindo os policiais”, declarou o sargento Jang à AFP.

Justin Prasad, que trabalha perto da biblioteca, afirmou que o agressor parece ter atuado ao acaso.

“Depois que esfaqueou as pessoas perto da biblioteca, foi um caos. Eu o vi frente a frente com um policial, depois fugiu, a polícia o perseguiu, encurralou e ele foi imobilizado no chão”, relatou.

O canal CTV exibiu um vídeo no sábado à noite que mostra a detenção do suspeito, que parece esfaquear a própria perna antes de cair e ser preso por vários policiais.

O sargento Jang pediu às pessoas que filmaram o ato que repassem as imagens à polícia e não divulguem os vídeos nas redes sociais.

O primeiro-ministro Justin Trudeau e vários membros do governo reagiram no Twitter.

“Meus pensamentos estão com Vancouver Nord esta noite”, comentou o chefe de Governo. “Que todos os afetados pelo incidente violento em Lynn Valley saibam que os canadenses estão pensando neles e desejam aos feridos uma rápida recuperação”.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km