Giro

Ataque cibernético comandado por hackers chineses atinge clientes da Microsoft

Crédito: AFP

Muitas das vítimas do ataque, que a Microsoft disse ter sido executado por uma rede de hackers chineses, parecem ser pequenas empresas e governos locais (Crédito: AFP)

Um ataque cibernético ao software de e-mail Outlook da Microsoft atingiu dezenas de milhares de empresas, escritórios do governo e escolas nos Estados Unidos, de acordo com pessoas informadas sobre o assunto.

Muitas das vítimas do ataque, que a Microsoft disse ter sido executado por uma rede suspeita de hackers chineses, parecem ser pequenas empresas e governos estaduais e locais. As estimativas do total de vítimas mundiais foram aproximadas e variaram amplamente até ontem. Dezenas de milhares de clientes parecem ter sido afetados, mas esse número pode ser superior a 250 mil, segundo uma fonte.

+ Dois dias para encontrar os meios de produzir mais vacinas anticovid
+ Não vamos fazer ‘apartheid’, diz prefeito de Duque de Caxias sobre vacinação

Embora muitos dos afetados provavelmente tenham pouco valor de inteligência devido aos alvos do ataque, é provável que também tenham alvos de espionagem de alto valor, disse uma das pessoas.

Os hackers exploraram uma série de quatro falhas no software Exchange da Microsoft para invadir contas de e-mail e ler mensagens sem autorização, e para instalar software não autorizado, disse a empresa. Fonte: Dow Jones Newswires

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel