Negócios

Ata do Fed aponta ‘risco significativo’ de inflação arraigada



Dirigentes do Federal Reserve (Fed) ressaltaram que permanecem altamente atentos aos riscos ascendentes para a inflação e que seriam ágeis na resposta aos dados, segundo a ata da última reunião de política monetária do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc).

“Muitos dirigentes julgaram que um risco significativo era que a inflação elevada poderia se arraigar se o público começasse a questionar a determinação do Comitê de ajustar a postura da política”, diz o texto.

Ao considerar a postura apropriada da política monetária, os dirigentes concordaram que as perspectivas de inflação de curto prazo haviam se deteriorado desde a reunião de maio, o que levou a quase todos avaliar que seria apropriado aumentar a taxa dos Fed Funds em 75 pontos-base na última reunião, realizada em 14 e 15 de maio.

Ainda segundo o documento, os dirigentes concordaram que a inflação permaneceu elevada, refletindo desequilíbrios de oferta e demanda relacionados à pandemia e preços mais altos de energia. “Membros concordaram que a invasão da Ucrânia e os eventos relacionados estavam criando uma pressão ascendente adicional sobre a inflação e estavam pesando sobre a atividade econômica global”.