Giro

Asteroide pode destruir a Terra e a NASA tem um plano para evitá-lo

Crédito: Reprodução/NASA

A Missão vai decolar em 24 de novembro com o objetivo de desviar um asteroide usando uma espaçonave que irá atingir o asteroide em 2 de outubro de 2022 (Crédito: Reprodução/NASA)

A Missão Dart da NASA vai decolar em 24 de novembro em um foguete SpaceX Falcon 9, da base da força espacial de Vandenberg, na Califórnia. Sua missão será desviar o asteroide Didymos e sua lua Dimorphos, usando uma espaçonave que irá atingir o asteroide em 2 de outubro de 2022 e, assim, modificar sua velocidade em um milímetro por segundo a 11 milhões de quilômetros da Terra.

+ Cápsula da Blue Origin aterrissa, após passar minutos no espaço

Esta será a primeira demonstração da técnica do impactador, que visa desviar a trajetória dos asteroides, impactando-os com uma ou mais espaçonaves de grande porte, e assim evitar uma possível colisão catastrófica em nosso planeta.

Dimorphos tem cerca de 160 metros de largura e orbita uma rocha espacial muito maior chamada Didymos, que tem cerca de 780 metros de largura . Os asteroides estão separados por um quilômetro



A missão DART tentará desviar o asteroide Dimorphos com um impacto cinético. Sua nave, equipada com painéis solares, uma câmera e um alvo, viajará pelo espaço e derrubará Dimorfos a cerca de 6,6 quilômetros por segundo.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km