Internacional

Assessora de premiê britânico renuncia devido a comentários sobre festa durante lockdown

Crédito: REUTERS/Toby Melville

Allegra Stratton anunciou seu pedido de demissão nesta quarta-feira (Crédito: REUTERS/Toby Melville)

LONDRES (Reuters) – Uma assessora do primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, renunciou depois do surgimento de um vídeo que a mostra rindo e brincando sobre uma festa em Downing Street durante um lockdown de Covid no Natal do ano passado, quando tais festividades estavam proibidas.



Allegra Stratton, que recentemente foi a porta-voz de Johnson na COP26, era sua assessora de imprensa quando o vídeo foi gravado em dezembro de 2020.

No vídeo exibido pela ITV, Stratton é vista em um ensaio de um briefing diário, rindo e brincando a respeito da reunião noticiada em um momento no qual dezenas de milhões de pessoas em todo o Reino Unido estavam proibidas de se encontrar com familiares e amigos para comemorar o Natal, ou mesmo se despedir de parentes moribundos.

Produção de algodão no Brasil deve crescer 16,5% em 21/22 com área maior, diz Abrapa

“Meus comentários parecem fazer pouco caso das regras, regras que as pessoas estavam fazendo tudo para obedecer. Esta nunca foi minha intenção. Lamentarei aqueles comentários pelo resto dos meus dias”, disse Stratton, em meio a lágrimas, aos repórteres diante de sua casa.

+ Especialista revela o segredo dos bilionários da bolsa. Inscreva-se agora e aprenda!



“Entendo a raiva e a frustração que as pessoas sentem. A todos vocês que perderam entes queridos, que suportaram uma solidão intolerável e que lutaram com seus negócios, peço desculpas sinceras e esta tarde apresentarei minha demissão ao primeiro-ministro.”

Nas imagens do vídeo divulgado, um assessor de Johnson pergunta a Stratton: “Acabei de ver relatos no Twitter de que houve uma festa de Natal na noite de sexta-feira em Downing Street. Você admite esses relatos?”

Stratton ri e responde: “Eu fui para casa”. Depois ela gargalha e sorri. “Espere aí. Espere aí. Hã… ui… epa”. Ela parece ficar sem palavras e olha para cima.

(Por Kate Holton)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEHB70XP-BASEIMAGE