Finanças

Ásia: bolsas fecham em alta, seguindo NY, após notícia sobre vacina contra covid

Crédito: Agência Brasil

O bom humor na Ásia também veio após notícia de que as farmacêuticas Pfizer e BioNTech esperam para outubro deste ano a aprovação regulatória da vacina contra covid-19 que estão desenvolvendo (Crédito: Agência Brasil)

As bolsas asiáticas fecharam em alta nesta sexta-feira, 21, seguindo o desempenho positivo de Wall Street e em meio a esperanças renovadas sobre o desenvolvimento de uma vacina contra o novo coronavírus. Na China continental, o índice Xangai Composto subiu 0,50% hoje, a 3.380,68 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto avançou 1,09%, a 2.249,95 pontos, depois de ambos acumularem perdas por dois pregões consecutivos.

Ontem, os mercados acionários de Nova York ganharam fôlego ao longo dia e encerraram os negócios no azul, com novo recorde do Nasdaq, apesar do desconforto causado pelo tom pessimista do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) na ata de política monetária divulgada na quarta-feira (19). Na ocasião, o Fed previu recuperação mais fraca da economia americana no segundo semestre.

+ Energia nuclear britânica pode se tornar próxima fonte de tensão com a China
+ Pelo menos 2.000 doses da vacina russa contra COVID-19 serão testadas no México

Em outras partes da Ásia, o japonês Nikkei teve modesta alta de 0,17% na Bolsa de Tóquio nesta sexta, a 22.920,30 pontos, e o sul-coreano Kospi se valorizou 1,34% em Seul, a 2.304,59 pontos, embora persistam temores com novos surtos de covid-19 no país, enquanto o Hang Seng subiu 1,30% em Hong Kong, a 25.113,84 pontos, e o Taiex avançou 1,98% em Taiwan, a 12.607,84 pontos.

O bom humor na Ásia também veio após notícia de que as farmacêuticas Pfizer e BioNTech esperam para outubro deste ano a aprovação regulatória da vacina contra covid-19 que estão desenvolvendo em parceria. Se a autorização vier, as empresas planejam produzir aproximadamente 1,3 bilhão de doses até o final de 2021.

Na Oceania, a bolsa australiana contrariou o tom positivo da Ásia, e o índice S&P/ASX 200 caiu 0,14% em Sydney, a 6.111,20 pontos, pressionado por ações de saúde, financeiras e do setor de materiais. (Com informações da Dow Jones Newswires).

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?