Finanças

Ásia: bolsas fecham em alta com salto do ChiNext e de olho em terapias para covid

Crédito: AFP

Esforços econômicos chineses e busca da imunização nos EUA puxaram ânimo dos investidores no mercado asiático (Crédito: AFP)

As bolsas asiáticas fecharam em alta generalizada nesta segunda-feira, 24, após a entrada em vigor na China de normas de mercado para fortalecer o setor de tecnologia local e sinais de que o governo dos EUA está adotando uma postura mais agressiva para o uso de tratamentos contra a covid-19.

Na China continental, o Xangai Composto subiu 0,15%, a 3.385,64 pontos, e o Shenzhen Composto avançou 1,26%, a 2.278,25 pontos, mas o destaque do dia foi o ChiNext, índice com foco em tecnologia – como o americano Nasdaq – que saltou 2%, a 2.684.63, com a estreia de novas regras de negociação para empresas estreantes.

+ Estado de saúde do primeiro-ministro provoca inquietação entre japoneses
+ Dez mortos e dezenas de feridos em atentado no sul das Filipinas

Em outras partes da Ásia, o Hang Seng se valorizou 1,74% em Hong Kong, a 25.551,58 pontos, enquanto o japonês Nikkei subiu 0,28% em Tóquio, a 22.985,51 pontos, o sul-coreano Kospi teve alta de 1,10% em Seul, a 2.329,83 pontos, e o Taiex registrou ganho de 0,31% em Taiwan, a 12.647,13 pontos.

Em Hong Kong, a ação da gigante de tecnologia Tencent disparou 5,8% após notícia de que os EUA garantiram empresas americanas, de forma particular, que poderão continuar fazendo transações com o WeChat, apesar de haver um plano de banir o aplicativo. Na Coreia do Sul, favoreceu o mercado notícia de que o número de novos casos de covid-19 relatados no país diminuiu de 397 ontem para 266 nesta segunda-feira.

Nos EUA, o presidente Donald Trump anunciou ontem que a Food and Drug Administration (FDA, na sigla em inglês) autorizou em caráter emergencial o uso de plasma convalescente no tratamento de pacientes diagnosticados com o novo coronavírus.

Hoje, o Financial Times noticia em manchete de capa que o governo Trump está considerando acelerar o processo de aprovação de uma vacina experimental contra a covid-19 desenvolvida no Reino Unido para que seja usada nos EUA antes da eleição presidencial de novembro.

Na Oceania, a bolsa australiana ficou no azul, também favorecida por papéis de tecnologia. O S&P/ASX 200 avançou 0,30% em Sydney, a 6.129,60 pontos. (Com informações da Dow Jones Newswires).

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?