As joias da Vivara vão à bolsa

As joias da Vivara vão à bolsa

Se a economia ainda não engrenou, o mercado de IPOs promete ficar aquecido, a partir de agora. Na terça feira, o mercado aposta alto na abertura de capital da Vivara. Nascida há 60 anos, a Vivara é considerada uma joia do setor. As previsões são de que o valor de mercado supere as expectativas. Nessa área de joias, tradição e confiança são fundamentais, duas marcas da joalheria. Os planos da empresa são ambiciosos. Com os recursos a serem obtidos no IPO, a Vivara, que possui 185 lojas, pretende abrir mais 50 lojas ao ano.

(Nota publicada na Edição 1141 da Revista Dinheiro)

Veja também

+ Receita abre consulta a segundo lote de restituição de IR, o maior da história
+ Homem encontra chave de fenda em pacote de macarrão
+ Baleias dão show de saltos em ilhabela, veja fotos!
+ 9 alimentos que incham a barriga e você não fazia ideia
+ Modelo brasileira promete ficar nua se o Chelsea for campeão da Champions League
+ Cuide bem do seu motor, cuidando do óleo do motor
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança


Mais posts

Mais vinho no isolamento

Com o avanço da pandemia do novo coronavírus, foi possível ver uma série de mudanças no mercado, principalmente, no que diz respeito ao [...]

Robôs invadem o judiciário

A Neoway, empresa de Big Data e Inteligência Artificial, desenvolveu duas novas soluções para ajudar a desafogar o judiciário brasileiro: Neoway Lawsuits e Neoway Legal. Os lançamentos integram o pilar de Legal Analysis, que usa deep learning (aprendizado profundo de máquina) para dar previsibilidade sobre decisões judiciais e apoiar estratégias jurídicas. A tecnologia é capaz […]

Para voltar a sorrir

Diante da maior crise da história, com aviões sem poder voar e hotéis fechados, o programa de fidelidade Smiles quer recuperar a [...]

Engajamento ao estilo mineiro

A empresa mineira de tecnologia Robbyson cresceu 60% durante o período de pandemia oferecendo uma ferramenta essencial para manter o [...]

Dois anos em três meses

Nada como uma crise para acelerar os planos de digitalização. No Grupo Pão de Açúcar (GPA), o crescimento das vendas pelos canais [...]
Ver mais

Copyright © 2020 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.