Giro

As consequências da guerra na Ucrânia para o turismo global

As consequências da guerra na Ucrânia para o turismo global

O fechamento do espaço aéreo para voos da Rússia impactam toda a rota do turismo global



Além de cancelamentos de viagens de turismo, fechamento do espaço aéreo impacta fortemente o setor, por exemplo, devido a rotas mais longas, que exigem maior uso de combustível. Instabilidade também cancela cruzeiros. A invasão russa na Ucrânia impacta questões políticas, econômicas e comerciais em todo o mundo. Os mercados financeiros também foram afetados e, aparentemente, nenhum setor econômico está imune. Certamente, as perdas humanas são o principal ônus da guerra. Mas, juntamente com a catástrofe humanitária, os efeitos econômicos já começam a ser sentidos em muitos setores.

Perguntar como se sairá a indústria de viagens, muitas vezes vista como um luxo, parece inadequado neste momento. “Essas questões são ofuscadas pelas muitas pessoas morrendo e centenas de milhares fugindo da Ucrânia. Isso é o que realmente importa agora”, diz Marten Lange-Siebenthaler, da Dreizackreisen, uma agência de viagens especializada em destinos do leste europeu.

+ Ucrânia utiliza maior parte de alocação de reservas do FMI, aumentando pressões da dívida

No entanto, a subsistência de milhões de pessoas na Europa depende exclusivamente do turismo e das viagens, motivo pelo qual as agências de viagens, companhias aéreas, hotelaria e operadores de cruzeiros estão preocupados.




Após dois anos de uma pandemia que devastou grande parte da indústria do turismo, a guerra na Ucrânia é um novo golpe para o setor.

Golpe da indústria aeronáutica

Após a eclosão da guerra, a Dreizackreisen deixou de oferecer pacotes de férias para Belarus, Rússia e Ucrânia. Muitas outras agências de viagens fizeram o mesmo. A Ucrânia, no entanto, nunca foi um importante destino de férias, diz Siebenthaler. Em vez disso, tendia a atrair visitantes interessados ​​na cultura do país. Mas, ao lado da própria indústria do turismo, está o setor aéreo.


Os ataques russos à Ucrânia e os crescentes pedidos de uma zona de exclusão aérea têm sérias ramificações para a indústria da aviação.

Aviões civis da Alemanha e de ao menos outras 35 nações – entre elas França, Polônia, Finlândia e Canadá – foram banidos do espaço aéreo russo. No fim de semana passado, a União Europeia, por sua vez, impediu que aviões russos sobrevoassem ou pousassem no território do bloco europeu. Muitos países fizeram o mesmo. Na terça-feira, foi a vez dos Estados Unidos proibirem aeronaves russas em seu espaço aéreo.

Em 24 de fevereiro, imediatamente após os militares russos iniciarem o ataque à Ucrânia, a Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA) alertou as companhias aéreas para não sobrevoar perto da zona de guerra, pedindo “extrema cautela”.

O aviso se estende ao espaço aéreo da Moldávia e de Belarus e permanecerá em vigor por 90 dias, a menos que a agência reavalie a situação de segurança.

As companhias aéreas agora esperam um longo bloqueio das rotas de voo leste-oeste. Essas restrições colocarão pressão adicional sobre as transportadoras, de acordo com Wolf-Dietrich Kindt, da Federação da Indústria de Aviação Alemã (BDL, na sigla em alemão).

“Os voos com destino ao Extremo Oriente, que normalmente passam pela Rússia, precisam contornar a área usando rotas alternativas”, diz Kindt. “Isso significa que os voos vão demorar mais e cobrir distâncias maiores, o que aumenta o consumo de combustível e os custos para as transportadoras”, explica.

Voos mais longos, maiores custos de combustível

A Lufthansa, a maior companhia aérea da Alemanha, afirma em seu site que em “voos para o Extremo Oriente, pode haver mudanças de curto prazo nos horários de partida e chegada devido ao reagendamento de rotas de voo”. Uma porta-voz da Lufthansa disse à DW que a empresa estima que os voos para a capital sul-coreana Seul levarão 90 minutos a mais do que o normal. E os viajantes para Tóquio terão que se preparar para até duas horas a mais de viagem.

A guerra na Ucrânia também fez com que os preços do petróleo subissem, ultrapassando temporariamente a marca de 100 dólares por barril . Esse aumento nos custos de combustível aumentará ainda mais a pressão sobre o setor de aviação, que se recupera lentamente de meses de restrições de viagens relacionadas à pandemia.

Apesar das circunstâncias sombrias, o porta-voz da BDL garante aos turistas que não se preocupem em visitar o continente: “A Europa está aberta e segura. Estamos recebendo todos os hóspedes”; afirmou.

De fato, especialistas em turismo confirmaram que viagens para a Polônia ou os países bálticos, por exemplo, continuam sendo possíveis. Os turistas devem, no entanto, ter em mente que a crise humanitária que se desenrola na Ucrânia está se espalhando para os países vizinhos. Até agora, mais de 1 milhão de pessoas fugiram do país atingido pela guerra.

Cruzeiros cancelados

As linhas de cruzeiros também responderam à nova situação. A Norwegian Cruise Line cancelou todas as viagens à Rússia. Logo depois, a TUI Cruises, a MSC Cruzeiros e a AIDA Cruises seguiram o exemplo. Nenhum de seus navios fará escala no porto de São Petersburgo este ano.

A Phoenix Reisen, uma agência alemã que oferece cruzeiros marítimos e fluviais, cancelou os passeios ao longo do rio Volga, na Rússia, em abril e maio. Uma porta-voz da empresa disse que outras medidas podem ocorrer.

Depois de se recuperar lentamente das dificuldades econômicas causadas pela pandemia de covid-19, o setor de viagens enfrenta ainda mais incertezas à medida que imagens da guerra agitam viajantes em potencial. De fato, a Associação Alemã de Viagens (DRV, na sigla em alemão) emitiu recentemente uma declaração expressando esperança de que “a diplomacia prevaleça e que as operações militares russas na Ucrânia sejam interrompidas”.

À luz da situação em rápido desenvolvimento, os viajantes são aconselhados a buscar informações atualizadas de fontes confiáveis ​​antes de embarcar. Vários países europeus pediram aos cidadãos que deixem a Ucrânia. A França e os EUA também aconselharam seus cidadãos a sairem da Rússia. A Alemanha desencoraja viagens à Rússia e adverte explicitamente contra ir para o sul do país, na fronteira com a Ucrânia.






Tópicos

AIDA Cruises Air France alimentação alívio na inflação medida pelo IPCA-15 de janeiro alívio para a inflação aluguel de veículo arroz assentos companhias áreas ataques Kiev automóveis novos aviões bancos russos exluídos sistema swift s.w.i.f.t. BC russo economia Rússia dificuldades bebidas Belarus exercícios militares rússia Biden Rússia invasão Biden Rússia sanções bilhetes de avião Bilionários da Rússia guerra ucrânia bomba da rússia bombardeio separatistas bombardeios Kiev odessa brasil a russia distancia brasil posição ucrânia café cartões Rússia sanções Chernobyl china rejeita chamar guerra Rússia invasão cias Aéreas Cias Aéreas covid-19 civis porte de armas ucrânia classe econômica classe executiva combustíveis como a guerra pode arrasar economia russa como armas chegarão a Ucrânia como fica o turismo com a guerra? Como ir do Brasil para Rússia? como Volodimir Zelensky se tornou presidente condenação Onu conflito fronteira Rússia Ucrânia Cuidados pessoais cvc rússia delegação ucraniana cessar fogo Belarus dependência comercial Brasil Rússia desaceleração do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo desaceleração do IPCA-15 em janeiro desmascarar infiltrados russos ucrânia diário da rússia últimas notícias discurso de biden distância entre assentos cias aéreas distância entre brasil e rússia Distanciamento social Dreizackreisen economia emirates emplacamento e licença empresas empresas que romperam com moscou ExxonMobil Apple Boeing envio de armas ucrânia espaço aéreo russia estônia pede ajuda aos EUA estônia Rússia ucrânia etanol eua enviam soldados a alemanha EUA mandam reforços para polônia europa central refugiados europa interesses ucrânia êxodo moradores fronteira finanças Fitch Moody’s rebaixa Rússia para junk fumaça ministério da defesa ucrânia Gás Natural Veicular grupos guerra guerra fria guerra Ucrânia guerra ucrânia risco nuclear guerra ucrênia refugiados habitação Higiene Pessoal hotel rússia IBGE inflação em 2021 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística IPCA-15 IPVA de 2022 Irmãos Klitschko boxe Irmãos Klitschko ucrânia pegar em armas janeiro jogadores brasileiros Kiev futebol Kherson cidade portuária Kiev bombardeada Kiev bombardeio kiev ja foi capital da rússia líder separatista Marten Lange-Siebenthaler mercenários Rússia ucrânia Mísseis atingem Kiev MSC cruzeiros navio cargueiro afunda negociação de paz ucrânia Rússia quinta-feira negociações de paz Belarus Norwegian Cruise Line o que a rússia exporta para o brasil o que Otan obsessão de Putin Ucrânia onde fica a ucrânia ONU condenam rússia oposição renúncia presidente ucrânia otan países integrantes otan potencial bélico otan tropas países neutros anexação Rússia territórios separatistas países que apoiam a rússia pandemia passagem aérea passagem para moscou rússia passagem para rússia 700 reais passagens aéreas passagens de avião plano de saúde polônia ajuda armar ucrânia polônia exige ucrânia população da Ucrânia Por que a Rússia não quer a expansão da Otan por que a rússia quer invadir a ucrânia por que a ucrânia é tão importante porque a rússia está atacando a ucrânia porque a rússia está atacando a ucrânia qual o motivo preço petróleo guerra ucrânia preços da gasolina preços das passagens aéreas primeira classe putin ataca Ucrânia putin blefe Putin EUA ameaça Putin lidera exercícios nucleares quais países compões a otan qual a importância da ucrânia no cenário geo-político Qual é a distância do Brasil até a Rússia? qual é a moeda da rússia quando foi criada a Otan Quantas horas de voo do Brasil para a Rússia? quantas horas de voo do brasil para moscou quantas horas de voo do brasil para rússia Quanto custa um voo para a Rússia? Quanto custa uma passagem de Recife para Rússia? Quanto custa uma passagem de São Paulo para Rússia? quantos aviões de guerra tem a rússia que é Volodimir Zelensky quem começou a guerra entre rússia e ucrânia quem é Putin quem é Volodymir Zelensky risco de guerra nuclear ucrânia Rússia rússia ataca ucrânia Rússia ataques na fronteira Rússia comércio bilateral brasil russia encerra manobras militares Rússia expulsa americano embaixada Rússia fertilizantes rússia fica na europa rússia fornecedor insumos agro russia fronteira ucrânia Rússia invade Ucrânia Rússia invasão iminente? Rússia isolada Rússia lista ucranianos assassinados rússia mapa Rússia planeja decapitar governo da ucrânia Rússia retirada crimeia Rússia testa mísseis Rússia Ucrânia atividade econômica rússia ucrânia exército rússia ucrânia fronteiras Rússia Ucrânia gás Rússia Ucrânia história Rússia Ucrânia interesses comerciais rússia ucrânia mapa Rússia Ucrânia Otan Rússia Ucrânia poderio bélico Rússia Ucrânia população rússia ucrânia potencial bélico Rússia Ucrânia revolução soviética Rússia Ucrânia tanques aviões rússia ucrânia tropas russos bombardeiam Kiev sanções contra putin terão efeito? sanções contra Rússia bancos sanções UE Rússia saúde sberbank se retira da europa secretário de estado EUA invasão ucrânia separatistas ucrânia serviço de segurança russo serviço de táxi setor financeiro sanções Rússia singapore airshow state of union tarifa de água e esgoto Toyota Volkswagen suspendem operação na Rússia transportes tropas avançam territórios separatistas tropas russas vão atacar secretário de defesa EUA Lloyd Austin TUI Cruises turismo turismo covid-19 turismo na rússia turismo rússia ucrânia 3ª guerra mundial? ucrânia armamento ucrânia estado de emergência ucrânia impacto no Brasil ucrânia lei marcial ucrânia mapa ucrânia população Ucrânia repercussão ucrânia sanções viagem viagens viagens de avião viagens de avião pandemia Viagens europa vídeo soldado russo captuirado Volodimir Zelensky carreira Volodimir Zelensky é de direita Volodimir Zelensky é de esquerda Volodymyr Zelenskiy voos rússia brasil