Estilo

As atrações do Cheval Blanc Paris, novo hotel da LVMH

Crédito: Divulgação

Depois de pagar mais de US$ 2 bilhões pelo controle da rede Belmond de hotéis de luxo (da qual fazem parte os brasileiros Copacabana Palace e Hotel das Cataratas, em Foz do Iguaçu), o grupo francês LVMH dá mais um passo em sua expansão no segmento de viagens com a inauguração do Cheval Blanc Paris, instalado no edifício La Samaritaine após uma reforma de 15 anos.

São 72 quartos, um spa da grife Dior cuja piscina de 30 metros tem mosaicos cintilantes feitos à mão, e quatro restaurantes comandados pelo chef Arnaud Donckele, dono de três estrelas Michelin.

Os hóspedes podem escolher entre o intimista Plénitude, a brasserie Le Tout-Paris, com vista panorâmica a partir no sétimo andar, o Langosteria, especializado em peixes e mariscos, ou o Limbar, onde é servido o café da manhã. Diárias a partir de 1,5 mil euros. Reservas no site chevalblanc.com/fr/.

(Nota publicada na edição 1248 da Revista Dinheiro)