Geral

Arrecadação com infrações aumenta 18,1% no 1º trimestre

Apesar da queda no número de multas aplicadas a motoristas em São Paulo, a arrecadação com as infrações de trânsito flagradas está em alta na capital. A principal explicação é que o valor das multas foi reajustado no fim do ano passado e passou a ser aplicado em novembro.

Dados do Painel Mobilidade Segura, divulgado pela Prefeitura, apontam que as multas recuaram 13,4% na soma dos meses de janeiro e fevereiro – os últimos relatados. Ao todo, foram 2.199.457 infrações registradas em 2017, ante 2.539.445 no mesmo período do ano passado.

Mesmo com a queda, a gestão João Doria arrecadou 18,1% a mais com infrações de trânsito considerando o primeiro trimestre, segundo afirma relatório da Câmara Municipal de São Paulo. Na comparação com 2016, o valor, que havia sido de R$ 300,7 milhões, aumentou para R$ 355,3 milhões.

Já no mês de março o aumento foi ainda maior. Com R$ 159,2 milhões arrecadados com multas, a variação real chegou a 56,2% em relação ao mesmo mês de 2016, que somou um total de R$ 97,4 milhões. A variação nominal foi de 63,3%. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?