Economia

Argentina abre diálogo com Huawei por tecnologia 5G

Argentina abre diálogo com Huawei por tecnologia 5G

(Arquivo) A gigante das telecomunicações chinesa, Huawei, exibe painel sobre 5G - AFP/Arquivos

O governo argentino iniciou um diálogo nesta terça-feira (7) com a gigante chinesa das telecomunicações Huawei para estudar a adoção da tecnologia avançada 5G, informou o Ministério das Relações Exteriores do país.

Diplomatas argentinos trocaram opiniões com empresários chineses “para conversar sobre o investimento da empresa no país e o eventual impacto da tecnologia 5G na Argentina e no mundo”, segundo comunicado oficial.

Claro vai ativar sinal de 5G em SP e Rio na semana que vem

Londres abrirá mão da Huawei para seu 5G, diz Financial Times

O país sul-americano planeja incorporar a 5G em 2022 ou 2023. Em 2014, a Argentina foi uma das últimas na região a aplicar 4G às telecomunicações.

“Estamos investigando o assunto minuciosamente, com foco na competitividade e segurança das várias soluções disponíveis no mercado. Questões como Big Data, digitalização das empresas e inteligência artificial são fundamentais para a competitividade”, ressaltou Jorge Neme, secretário de Negociações Econômicas da pasta.

A Huawei investiu bilhões de dólares nessa tecnologia, considerado o futuro sistema das telecomunicações móveis, em concorrência com a Ericsson, da Suécia, e a Nokia, da Finlândia.

Os Estados Unidos, o Reino Unido e outros países disseram que a Huawei representa um risco à segurança, principalmente porque seu fundador, Ren Zhengfei, é um ex-engenheiro do Exército Popular de Libertação da China.

Os funcionários receberam na sede diplomática Steven Chen Shiqing, CEO da Huawei na Argentina, além de outros executivos.

Segundo o comunicado, a reunião também abordou “questões como concorrência comercial global, segurança cibernética e proteção de dados pessoais”.

Entre as inovações da 5G, destacam-se a digitalização e automação da indústria, a possibilidade de conectar objetos e eletrodomésticos do lar, e a realização de cirurgias com controle remoto.

“Para nós, é essencial trabalhar em conjunto com uma empresa dessa magnitude no que diz respeito à inovação tecnológica e em tudo que se refere à inteligência artificial”, disse Guillermo Justo Chavez, chefe de gabinete do Ministério das Relações Exteriores.

A tecnologia 5G é a quinta geração sem fio para transmissão de dados entre dispositivos móveis, como smartphones ou outros dispositivos com conexão à Internet.

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?