Política

Aras promete cuidar de lei dos royalties ‘com o cuidado devido’

O subprocurador Augusto Aras, indicado para chefiar a Procuradoria-Geral da República, prometeu analisar o embate em torno da lei de royalties com “cautela e cuidado”. Em novembro, o Supremo Tribunal Federal (STF) deve julgar a suspensão de dispositivos da lei que preveem novas regras de distribuição dos royalties do petróleo – tema que envolve disputas entre Estados e municípios.

“Eu espero cuidar do assunto com cautela e os cuidados devidos”, comentou Aras. Ele ponderou que sua experiência o leva a ter “sensibilidade não somente com a folha do papel, mas, sim, além, buscar a natureza humana, o espírito do povo, o espírito do tempo para que possamos nos manifestar oportunamente, se assim ocorrer.”