A Apple sobe o som

Apesar de ser considerada uma das empresas mais inovadoras do mundo, a Apple raramente começa um mercado. Com os tocadores digitais de música e os smartphones, a companhia da maçã saiu atrás, mas mudou os conceitos do setor com seus produtos. É o que espera agora o chefão Tim Cook com o HomePod, uma caixa de som inteligente que foi anunciada na segunda-feira 5, em um evento para desenvolvedores em San José, na Califórnia.

Essa é a resposta da companhia ao Echo, da Amazon, e ao Home, do Google. O HomePod (foto acima) usará o sistema de inteligência artificial da empresa, a Siri, e terá também uma alta qualidade de som. Com ele, será possível escutar música, mas também receber notificações do celular ou controlar dispositivos como geladeiras, lâmpadas e termostatos conectados. Nos EUA, o preço será US$ 349, maior do que o de seus rivais.

As caixas de som inteligentes serão o centro da casa conectada, um mercado que pode valer US$ 155 bilhões em 2022, segundo a consultoria americana Strategy Analitics. A Amazon está ganhando essa briga por larga margem. Ela detém uma fatia de 70,6% do mercado americano, contra 23,8% para o Google Home, segundo a eMarketer. Desde que foi lançado, em novembro de 2014, a empresa de Jeff Bezos já vendeu oito milhões de unidades do Echo, por conta da popularidade da Alexa, a assistente virtual do aparelho.

(Nota publicada na Edição 1022 da Revista Dinheiro)

Veja também

+ Pronampe: pedidos ao Sicoob somam R$ 500 mi em 1 dia, 41% do limite
+ Leilão tem Camaro por R$ 72 mil e Versa por R$ 22 mil
+ Gafanhotos: Bahia enfrenta nuvem de insetos
+ Modelo brasileira promete ficar nua se o Chelsea for campeão da Champions League
+ Cuide bem do seu motor, cuidando do óleo do motor
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança


Mais posts

Uber com fome

Pelo valor de US$ 2,6 bilhões a Uber comprou o serviço de entrega de comida Postmates. Fundada em 2011, a empresa foi das primeiras nos [...]

Documentação a distância

Uma plataforma que permite a criação e o gerenciamento de contratos a distância promete reduzir em até 90% o tempo gasto com esse [...]

Covid-19 e a web

Dados do We Are Social mostram as principais mudanças de hábito do consumo na web na pandemia. (Nota publicada na edição 1179 da [...]

Consumo: mudança sem volta

Para 67% dos consumidores brasileiros, a pandemia fez com que descobrissem ao menos uma nova forma de compra que pretendem manter após o isolamento social. Os dados são de um estudo da Criteo, empresa global de tecnologia para soluções de marketing digital e publicidade. O levantamento mostra ainda que 52% dos brasileiros pretendem aumentar a […]

Mais compras, menos fraudes

Entre janeiro e maio, R$ 608 milhões em fraudes no e-commerce foram evitados segundo estudo da ClearSale, empresa de soluções [...]
Ver mais

Copyright © 2020 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.