Edição nº 1133 09.08 Ver ediçõs anteriores

Apple quer telas maiores e melhores

Apple quer telas maiores e melhores

Há cerca de duas semanas, a Apple anunciou o seu novo pacote de serviços, incluindo TV por assinatura e um cartão de crédito. A aposta em serviços mostra que a empresa deixou de ser dependente de lançamentos cujas vendas não responde mais como antes. Mas a Apple não perderia facilmente seu DNA por produtos. De acordo com a gestora chinesa de investimentos TF International Securities, a empresa americana trabalha para lançar em breve telas maiores, com melhor definição da imagem e cores mais vivas, a nova geração de mini-led. As informações foram coletadas de empresas que fornecem as peças para a gigante americana. Os monitores terão novo design, enquanto o tamanho do visor do ipad vai crescer. A novidade deve
chegar ao mercado até o começo de 2021.

(Nota publicada na Edição 1116 da Revista Dinheiro)


Mais posts

De bobo, Johnson só tem a cara

Quase imediatamente após a eleição, no fim de julho, de Boris Johnson como primeiro-ministro britânico, o Partido Conservador começou a [...]

BS2 quer agora os não millenials

O BS2, antigo banco Bonsucesso, quer provar que serviços digitais também são coisas para gente mais velha. Levantamento interno mostra [...]

Assistente do Google lê seu WhatsApp (se você quiser)

Aquele clássico “ok, Google” deve ser trocado por um “leia minhas mensagens”. Isso vai despertar o assistente de voz de seu smartphone [...]

Boring Company, de Elon Musk, vai para a China

Por meio de uma tuitada, Elon Musk disse que lançará uma operação na China da The Boring Company. A empresa foi criada em 2016 por [...]

Japão permitirá criação de órgãos humanos em ratos

O Ministério de Educação, Cultura, Esportes, Ciência e Tecnologia do Japão abriu efetivamente a porta para a criação de órgãos humanos [...]
Ver mais