Tecnologia

Apple investe R$ 530 milhões em centro educacional para negros

Crédito: Divulgação/Apple

O projeto da Apple prevê a abertura de um centro educacional de tecnologia em Atlanta, nos Estados Unidos, direcionado para negros (Crédito: Divulgação/Apple)

A Apple investirá US$ 100 milhões (cerca de R$ 530 milhões no câmbio de hoje, 13) na sua Iniciativa de Equidade e Justiça Racial (REJI, a sigla em inglês). O projeto prevê a abertura de um centro educacional de tecnologia em Atlanta, nos Estados Unidos, direcionado para negros.

Batizado de Propel Center, o espaço terá como foco comunidades carentes e alunos de universidades historicamente negras. Os inscritos poderão cursar aulas com foco em inteligência artificial, empreendedorismo, realidade aumentada, desenvolvimento de aplicativos, design e criação de arte, justiça social e entretenimento.

+ Confira os 10 temas que mais despertaram interesse dos brasileiros em 2020

Outro programa que será inaugurado é o Apple Developer Academy em Detroit, Michigan. Inicialmente, o espaço oferecerá dois cursos de tecnologia e programação para jovens empreendedores negros. O primeiro será um programa introdutório e o segundo um programa intensivo, de duração de 10 a 12 meses. A expectativa da Apple é alcançar 1 mil alunos por ano nos dois cursos.

A empresa vai investir também na Harlem Capital, empresa de capital de risco que foca em diversidade, com contribuições para o King Center, memorial de Martin Luther King Jr. Além disso, a Apple está oferecendo bolsas de estudo para 100 alunos de “comunidades sub-representadas” no programa Apple Scholars.

“Somos todos responsáveis ​​pelo trabalho urgente de construir um mundo mais justo e equitativo – e esses novos projetos enviam um sinal claro do compromisso duradouro da Apple”, disse Tim Cook, CEO da Apple.

+ Jaguar Land Rover: a luta contra a falta de confiança dos consumidores

Veja também

+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel