Giro

Apple Car pode gerar US$ 50 bilhões em receita até 2030

Crédito: Reprodução/Divulgação

Com 0,1% de mercado, a Apple poderia gerar cerca de US $ 5 bilhões em receita. Se atingir 1% até 2030, isso poderá crescer para US $ 50 bilhões. (Crédito: Reprodução/Divulgação)

O “Apple Car” pode não atrapalhar o mercado quando for lançado, mas a Piper Sandler, multinacional americana de banco de investimento e serviços financeiros, diz que ele pode se tornar uma sólida fonte de receita de hardware para a Apple, possivelmente gerando US $ 50 bilhões até 2030.

Em uma nota aos investidores vista pelo AppleInsider, o analista líder Harsh Kumar expôs a estrutura de Piper Sandler para um possível lançamento do “Apple Car”.

+ Apple ultrapassa Samsung como maior fabricante de smartphones do mundo

“No geral, acreditamos que a entrada da Apple no mercado automotivo faz todo o sentido. Semelhante a suas outras ofertas de hardware, a empresa pode entrar no mercado em um momento de pico de ruptura tecnológica, evitando o risco de formar o mercado”, escreveu Kumar.

É possível que a Apple opte por fazer sua estreia automotiva em menor escala com um sistema CarPlay atualizado ou uma interface de usuário de veículo da marca Apple para uso em carros de outros fabricantes. No entanto, Kumar diz que espera que a Apple funcione com um “veículo elétrico completo da marca Apple”.

Isso porque a Apple poderia controlar todos os aspectos do design, incluindo o hardware do veículo elétrico e a plataforma de software embutida.

Citando relatórios recentes, Kumar aponta que a Apple pode estar objetivando uma corrida de 100 mil veículos em 2024. Com base nisso, ele diz que a Apple poderia gerar cerca de US $ 5 bilhões em receita com pouco menos de 0,1% do mercado. Se atingir 1% de penetração de mercado até 2030, isso poderá crescer para US $ 50 bilhões.

O analista acredita que agora é o momento certo para a Apple entrar no mercado automobilístico. Isso se deve principalmente ao fato de que está “preparado para a inovação tecnológica” e ao fato de que a Apple poderia usar a receita adicional para impulsionar o crescimento à medida que produtos como o iPhone e o Mac atingem a maturidade.

Mesmo que opte por um carro da marca Apple, Kumar acredita que a empresa vai recorrer a um fabricante terceirizado para realmente produzi-lo. A Apple, observa ele, não monta seus próprios produtos de hardware. No entanto, Kumar diz que o desenvolvimento da Apple em tecnologia de veículos está em obras há anos. Como tal, ele acredita que o carro pode apresentar uma tecnologia forte em comparação com os rivais.

O maior obstáculo é a Apple encontrar um parceiro de fabricação, já que Kumar observa que as montadoras não querem ser “a Foxconn da indústria automobilística”.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel