Geral

Após vitória de Nadal, Djokovic decidiu se vacinar contra a Covid, diz biógrafo

Crédito: Divulgação/ Twitter DjokerNole

Sérvio viu Rafael Nadal conquistar o seu 21º título de Grand Slam (Crédito: Divulgação/ Twitter DjokerNole)

Após ficar fora do Aberto da Austrália e ver Rafael Nadal conquistar o seu 21º Grand Slam no tênis, superando ele próprio e o suíço Roger Federer, Novac Djokovic teria resolvido se vacinar. 

“Pelo que eu ouço de seu entorno, acredito que ele esteja pronto para se vacinar. Talvez a final em Melbourne tenha contribuído para isso. Os 21 títulos de Rafael Nadal estão o impulsionando nesse sentido”, afirmou seu biógrafo Daniel Mukesh, ao jornal austríaco Heute.



+Empresa de Djokovic usa tecnologia duvidosa contra Covid-19, diz jornal

Com a vitória na Austrália, Nadal se tornou o tenista com mais títulos de Grand Slam na história. Djokovic não pôde participar do campeonato por ter se recusado a se vacinar. Caso ele continue a se negar, será barrado de outros torneios durante o ano.  

O governo da França já se pronunciou que os atletas que não se vacinarem não vão poder entrar no país para a disputa do torneio de Roland Garros. O sérvio tem até maio para se imunizar para poder disputar o título. 

+ Confira 10 receitas para reaproveitar ou turbinar o arroz do dia a dia


Ele também pode perder a posição de número 1 do mundo na modalidade caso não jogue os Masters 1000 de Miami e de Indian Wells, ambos nos Estados Unidos.