Geral

Aplicativo democratiza acesso a advogados

Atualmente a Oi Advogado conta com mais de 2 mil cadastrados, entre advogados e usuários comuns. A plataforma possui um ranqueamento de profissionais que funciona da seguinte forma: quanto maior o número de informações disponibilizadas pelos maior será a segurança do cliente em busca soluções, e por consequência, melhor será a visibilidade do profissional na plataforma. O aplicativo foi idealizado pelas advogadas Tiziane Machado e Patricia Barreto.

1-) A ideia do aplicativo Oi Advogado surgiu a partir de uma necessidade do mercado, nesse nicho?

 A ideia surgiu em uma viagem de negócios quando eu e a Tiziane, minha sócia, conversávamos sobre a dificuldade do cidadão brasileiro em acessar a judiciário e como poderíamos contribuir, através de um novo negócio, para democratizar a justiça.
Por outro lado, a comunidade jurídica está cada vez mais atrelada a novas tecnologias e a noções de empreendedorismo, o que provoca um grande interesse sobre novas formas de comunicação, É dentro deste universo que se destaca a plataforma Oi Advogado, um aplicativo que conecta de forma intuitiva pessoas comuns que buscam consultas sobre como resolver determinada questão jurídica, a advogados de todas as especialidades do direito. O cadastro é gratuito para as pessoas, e está disponível por meio de um ícone no celular, pela Google Play e Apple Store ou através do website www.oiadvogado.com.br, durante as 24 horas do dia.

2-) Qual o principal diferencial desse aplicativo em meio aos já existentes?

O aplicativo é inovador, intuitivo e conduz o usuário a procurar advogados por área de atuação, através de palavras chaves. Possui uma linguagem informal, é acessível e  grátis para o usuário. O advogado também possui a faculdade de usufruir do plano gratuito. O segundo plano, o Gold, tem custo mensal de R$ 39,00 e se diferencia do gratuito por possuir maior aplicabilidade. O valor do plano Gold foi previamente estudado para não onerar o profissional o direito, visto que seu custo anual com a Ordem dos Advogados tem valor aproximado, dependendo do estado, de R$ 900,00.

3-) Pode se dizer que o aplicativo contribui para uma democratização da justiça? Como isso ocorre?

Democratizar a justiça é a principal motivação do aplicativo. Hoje em dia, quase todas as pessoas tem um smartphone, portanto, todas elas terão oportunidade de conversar em tempo real e quase imediato com um advogado especialista, bastando se cadastrar.

4-) Com funciona a segurança do cliente e o aplicativo aumenta a visibilidade do profissional em que medida?

O aplicativo disponibiliza algumas funcionalidades direcionadas ao cliente , tais como: manual de como o cliente deve contratar o advogado, tabelas de honorários de todos os estados brasileiros, além de todas as informações pertinentes aos profissionais, como número da OAB, que pode ser consultado no link indicado, currículo, ano de formação e outros títulos, área de especialidade e de atuação.Em relação aos dados e sua privacidade, estão sendo armazenados na Amazon, empresa que possuímos contrato de prestação de serviços e consideramos séria e idônea.
5-) O número de dowloads não é considerado baixo, por ser um aplicativo com um tema inovador?

O aplicativo foi lançado em 22 de agosto de 2018 e hoje conta com aproximadamente 5000 usuários entre advogados e clientes. Nossa meta para 2022 é alcançar 100.00 usuários.

6-) Sabemos que o uso de aplicativos aumenta, e que a cada dia há novos lançamentos nas mais diferentes áreas, alguns com sucesso e outros com pouca demanda. A proposta do Oi Advogado é inovadora ao ponto de se firmar no mercado?

Como todo negócio, nosso interesse é expandir. Já estamos em todo o Brasil, com crescimento exponencial. Planos de Negócios estão sendo elaborados para expansão na América Latina, a partir de 2022.  Em setembro deste ano, novas funcionalidades estarão disponíveis na plataforma Oi Advogado, os serviços de correspondentes jurídicos e advogados correspondentes e jurisprudências. Um correspondente jurídico ou advogado correspondente é o profissional que realiza serviços jurídicos para outros advogados ou escritórios de advocacia tais como diligências em outras comarcas, cópias de processos, despachos com o magistrado, etc. Desta forma, a Oi Advogado disponibilizará um novo espaço não só para os advogados já inscritos na Ordem dos Advogados do Brasil, mas também para os bacharéis de direito que hoje somam 2.200.000 formados e os 853.000 estudantes de direito.