Ciência

Apelo de Mandetta faz bancos se unirem contra coronavírus

Crédito: Divulgação

Vista interna de uma agência do Bradesco (Crédito: Divulgação)

Como forma de ajudar o ministério da Saúde no combate ao coronavírus, os três maiores bancos privados do Brasil – Bradesco, Itaú e Santander – vão importar e doar 5 milhões de testes para detecção da doença. A movimentação surgiu após apelo do ministro Luiz Henrique Mandetta.

Serão importados também equipamentos médicos como tomógrafos e respiradores, essenciais no combate ao coronavírus e que estão em falta nos hospitais.

As negociações em conjunto deram conta de como se daria a atuação das instituições financeiras no caso. Lideraram o processo Octavio de Lazari Jr., presidente do Bradesco, Candido Bracher, presidente do Itaú, e Sérgio Rial, presidente do Santander Brasil.

+ SP: Prefeitos do ABC anunciam compra de 1 milhão de testes de covid-19
+ Força Nacional vai atuar na prevenção e combate ao novo coronavírus
+ Coronavírus: quadro varia de intensidade, mas tem sintomas básicos

Segundo nota das instituições, foi feita uma força-tarefa composta por profissionais dos três bancos que ficou responsável por montar a operação logística das importações. A decisão aconteceu na última semana e novas atualizações sobre a doação devem sair nos próximos dias

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel