Turismo

Anvisa não libera temporada de cruzeiros marítimos no Brasil

Crédito: Elói Corrêa / Governo da Bahia

A estimativa é de que a temporada de cruzeiros deste ano gere um impacto de R$ 2,5 bilhões na economia nacional (Crédito: Elói Corrêa / Governo da Bahia)

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou que não autoriza a realização da temporada de cruzeiros marítimos 2021/2022 em toda a costa brasileira.

A Anvisa disse que, no momento, não é possível autorizar a circulação de cruzeiros pelos portos brasileiros na temporada de fim de ano. A Agência explicou que não é possível prever se, até o fim do ano, uma nova avaliação será feita sobre o cenário da pandemia e a relação com as viagens marítimas no país. As informações são do portal G1.

No Porto de Santos, em São Paulo, o Terminal Concais já havia divulgado a previsão de início da temporada para 5 de novembro.

Anvisa aciona Itamaraty e prepara viagem à China para avaliar fábrica



A autorização era aguardada com grande expectativa há meses pelas operadoras. Na semana passada, o Concais divulgou que planejava receber seis navios no cais santista para a nova temporada de cruzeiros marítimos. As embarcações iriam percorrer a costa brasileira até meados de abril. A previsão para os próximos meses era que 237 mil cruzeiristas embarcassem em Santos.

O posicionamento da Anvisa ao portal G1 diz:

“As evidências de caráter sanitário e epidemiológico nos planos nacional e internacional, que sustentam as manifestações técnicas da Anvisa a fim de proteger a saúde da população, não autorizam, neste momento, a reavaliação do posicionamento da Agência sobre a suspensão da temporada de cruzeiros marítimos no Brasil”.

O Ministério do Turismo (MTur) informou que, até o momento, não há novidades ou atualizações em relação à autorização da próxima temporada de cruzeiros no Brasil. Em nota, a pasta disse que continua trabalhando em torno dos trâmites e negociações para viabilizar a temporada de cruzeiros no país.

“Há reuniões marcadas no decorrer dos próximos dias para discussão e adequações dos robustos protocolos de segurança apresentados pelo setor, confiantes de que essa importante atividade econômica possa voltar com segurança no Brasil”, afirmou o MTur.

Segundo a pasta, a indústria de cruzeiros é vital para a recuperação econômica nacional e global. A estimativa é de que a temporada deste ano gere um impacto de R$ 2,5 bilhões na economia nacional. Em 2019/2020 o impacto econômico foi de R$ 2,24 bilhões, além da geração de 35 mil empregos. Em 2019/2020 foram 33,7 mil empregos.

No ano passado, muitos casos da Covid-19 foram registrados em cruzeiros marítimos. A temporada foi interrompida e grande parte dos navios permaneceram nos portos de origem. Tripulantes foram repatriados e as operadoras de cruzeiros paralisaram as atividades.

 

 

Veja também
+ Como podcasts podem ajudar na educação financeira do brasileiro
+ Mistério: mulher descobre que não é a mãe biológica de seus próprios filhos
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km