Giro

Anvisa determina recolhimento de chocolates importados da Elite por suspeita de salmonela

Crédito: Reprodução/Divulgação

A agência proibiu o comércio, além do recolhimento imediato, de chocolates da marca israelense Elite, por suspeita de contaminação por Salmonella. (Crédito: Reprodução/Divulgação)

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu, na noite desta sexta-feira (13), o comércio, a distribuição, importação e uso no Brasil, além do recolhimento imediato, de chocolates da marca israelense Elite, por suspeita de contaminação por Salmonella.

Caso o consumidor identifique os produtos da marca, a Anvisa recomenda que ele não seja consumido e que o consumidor entre em contato com o estabelecimento onde foi adquirido para as providências necessárias.



+ Anvisa fará recall de novos lotes de chocolates Kinder da Bélgica

A Anvisa ainda publicou uma resolução em nome da fabricante dos produtos em Israel, a Strauss Elite LTDA, para evitar evitar que outras empresas importadoras tragam o produto para o Brasil ou, caso já tenham trazido, determinar que façam o recolhimento dos mesmos.

Chocolates e outros produtos como biscoitos, chicletes, wafer e balas da marca têm sido recolhidos em diferentes países. A Strauss Elite LTD, que fabrica os itens em Israel, também teve a comercialização suspensa no Brasil.

+ Confira 10 receitas para reaproveitar ou turbinar o arroz do dia a dia