Negócios

Antonio Cardoso

Ele é professor de matemática e, junto com seus colegas de classe, está transformando a vida de jovens estudantes na pequena Cocal dos Alves, interior do Piauí

Antonio Cardoso

Prestes a completar vinte e dois anos de sua fundação, a pequena Cocal dos Alves, no interior do Piauí, tem muitos desafios pela frente. Entre outros indicadores da dura vida de boa parte dos seus 5,6 mil habitantes, um, em especial, chama a atenção: o município figura na lista dos trinta piores do Brasil no Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM), que avalia critérios como renda e habitação. Mas, nem sempre as estatísticas são um problema para os moradores. Foi a habilidade em cálculos de muito deles que começou a consolidar a cidade como uma agradável – e improvável – surpresa no mapa da educação brasileira.

Fundada em 2003, a Escola Estadual Augustinho Brandão é o motor dessa transformação. O colégio é um dos maiores vencedores da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas, com 131 premiações no currículo. Por trás dessa fórmula de sucesso, está o professor de matemática Antonio Cardoso do Amaral, 38 anos. Ele teve a ideia de inscrever o colégio na disputa, em 2005, enquanto navegava no computador da prefeitura, até então, o único PC com acesso a internet no município, e descobriu a competição.

2017: em março deste ano, a capa da DINHEIRO destacava a aposta de investidores como Chaim Zaher na educação

O resultado superou qualquer expectativa. Além de Amaral, contemplado pela preparação dos alunos, 17 estudantes do colégio, de 24 inscritos, ganharam medalhas na competição. “Esse foi o estopim para a mudança”, diz Amaral. “Pude me reunir com professores de diversas realidades e voltei cheio de gás para contagiar meus colegas”, afirma o professor, que faz questão de frisar que a posterior mudança de cultura na escola é fruto de um trabalho coletivo.

Hoje, as disputas da Augustinho Brandão não estão restritas à matemática. Elas se estendem a competições de português, química física e robótica. E as recompensas vão muito além de qualquer medalha. A escola coleciona bons resultados no Enem. Em 2015, ficou em primeiro lugar entre os colégios estaduais do Piauí. Com essa visibilidade, a falta de questões básicas, como livros didáticos e cadeiras para os alunos, ficou no passado. Hoje, a escola possui salas climatizadas, uma biblioteca e laboratórios de informática e de ciências, financiados pelo governo.

Amaral lista mais benefícios, como o acesso a bolsas de estudo. “Esses alunos viram referência e atuam como multiplicadores de conhecimento na escola”, diz. Ele também cita os diversos casos de estudantes que estão entrando na universidade, seja no Piauí ou em outros estados, em cursos como medicina , direito e engenharia. “Muitos já perceberam que a educação é a saída. Cada vez mais temos exemplos de alguém que percorreu essa trilha e ampliou seus horizontes”, afirma. “Meu sonho é que muitos voltem para transformar também a nossa cidade.”


Especial DINHEIRO 20 anos:

As 20 personalidades que estão mudando o Brasil e o mundo

Sergio Moro, o juiz que combate a corrupção no País

Alex Atala, o chef que valoriza alimentos sustentáveis e produtores nacionais

Jorge Paulo Lemann, o bilionário que acredita que o futuro do Brasil passa pela educação

Bernardo Bonjean, o homem que oferece crédito a juros baixos para os pobres

Daniela Soares, a banqueira que busca um propósito mais elevado

David Vélez, o colombiano que chacoalhou o mercado financeiro brasileiro

Candice Pascoal, a mulher que financia projetos de impacto social

Elon Musk, o louco inventor do futuro

Melinda Gates e o combate à miséria e à pobreza com sua fundação

Elibio Rech, o pesquisador que é uma celebridade global da engenharia genética

Elie Horn, o empresário que se tornou um exemplo de filantropia no meio empresarial

Tânia Cosentino e a sua cruzada pela sustentabilidade

Justin Trudeau, o político canadense que está na contramão dos líderes populistas

Celso Athayde, o CEO de um conglomerado que quer desenvolver economicamente a periferia

Romero Rodrigues e sua missão de ajudar outros empreendedores a trilharem seu caminho

Theo Van der Loo, um dos líderes da discussão da diversidade nas empresas

Ana Lúcia Villela, uma das maiores ativistas dos direitos das crianças no Brasil

Marcus Figueredo quer baratear e popularizar os exames clínicos

Brian Chesky, do Airbnb, um dos expoentes da economia compartilhada

E mais:

Que País queremos ser?

O gigantismo chinês

Investidor: os maiores ganhos em 20 anos

Tópicos

Especial 20 Anos