Finanças

Ant Group chega a acordo com autoridades chinesas e IPO pode sair em 2 anos

Crédito: Reprodução - Twitter

Acordo deve amenizar os problemas do seu fundador, Jack Ma, com as autoridades monetárias da China e ajudar a retomar a oferta inicial de ações (Crédito: Reprodução - Twitter)

A Ant Group, fintech do Grupo Alibaba, chegou a um acordo com os órgãos reguladores do governo chinês, o que deve amenizar os problemas do seu fundador, Jack Ma, com as autoridades monetárias da China e ajudar a retomar a oferta inicial de ações. A companhia pretende separar suas operações de dados de crédito ao consumidor.

A remoção de dados de mais de 1 bilhão de pessoas é ponto importante da reformulação dos negócios da companhia. Essa medida seria uma resposta à repressão regulatória que levou à suspensão da sua oferta inicial de ações (IPO) estimada em US$ 37 bilhões.

+ Jack Ma reaparece após dois meses e ações do Alibaba disparam

Além disso, o plano prevê a conversão da Ant em uma holding financeira mais regulamentada. Com essas duas medidas, a companhia poderia voltar com o seu IPO em dois anos.

Após atacar o sistema regulatório chinês em outubro do ano passado, Jack Ma começou a sofrer com a repressão regulatória em império empresarial. Diante deste cenário, a Ant acabou suspendendo o seu IPO poucos dias antes de sua estreia no mercado em Hong Kong e Xangai.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel