Finanças

Ant Group chega a acordo com autoridades chinesas e IPO pode sair em 2 anos

Crédito: Reprodução - Twitter

Acordo deve amenizar os problemas do seu fundador, Jack Ma, com as autoridades monetárias da China e ajudar a retomar a oferta inicial de ações (Crédito: Reprodução - Twitter)

A Ant Group, fintech do Grupo Alibaba, chegou a um acordo com os órgãos reguladores do governo chinês, o que deve amenizar os problemas do seu fundador, Jack Ma, com as autoridades monetárias da China e ajudar a retomar a oferta inicial de ações. A companhia pretende separar suas operações de dados de crédito ao consumidor.

A remoção de dados de mais de 1 bilhão de pessoas é ponto importante da reformulação dos negócios da companhia. Essa medida seria uma resposta à repressão regulatória que levou à suspensão da sua oferta inicial de ações (IPO) estimada em US$ 37 bilhões.

+ Jack Ma reaparece após dois meses e ações do Alibaba disparam

Além disso, o plano prevê a conversão da Ant em uma holding financeira mais regulamentada. Com essas duas medidas, a companhia poderia voltar com o seu IPO em dois anos.



Após atacar o sistema regulatório chinês em outubro do ano passado, Jack Ma começou a sofrer com a repressão regulatória em império empresarial. Diante deste cenário, a Ant acabou suspendendo o seu IPO poucos dias antes de sua estreia no mercado em Hong Kong e Xangai.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago