Mundo

Anonymous assume diversos ataques cibernéticos contra sites russos

Crédito: Pixabay

Sites como o da agência estatal de notícias russa estão sendo atacados (Crédito: Pixabay)



O grupo de hackers Anonymous têm promovido diversos ataques contra sites do governo russo desde o início da guerra contra a Ucrânia na última quinta-feira (24).

Na segunda-feira (28) o grupo assumiu a autoria de vários ataques que deixaram mensagens contra a invasão da Ucrânia em sites como o da agência estatal de notícias. A maioria dos problemas registrados é de “negação de serviço”, quando os hackers simulam um número muito grande de pessoas acessando o endereço ao mesmo tempo, fazendo com que ele saia do ar. 

+Assembleia Geral da ONU condena Rússia por invasão da Ucrânia em votação histórica

Segundo relatório da NetBlocks, organização especializada no monitoramento da internet, também foi identificada lentidão de acesso nas páginas das principais operadoras de telefonia do país. 









Tópicos

Anonymous ataque cibernético ataque cibernético pode prejudicar o Brasil ataque hacker ataques cibernéticos ataques hackers norte-americanos Ataques hackers russos ataques Kiev Belarus exercícios militares rússia Biden Biden Rússia invasão Biden Rússia sanções bombardeio separatistas bombardeios Kiev odessa brasil posição ucrânia cartões Rússia sanções china rejeita chamar guerra Rússia invasão civis porte de armas ucrânia como funciona a guerra cibernética? como funciona a guerra híbrida? condenação Onu conflito fronteira Rússia Ucrânia de qual país é Vettel? DOS em sites Estados Unidos estônia pede ajuda aos EUA estônia Rússia ucrânia EUA eua enviam soldados a alemanha EUA mandam reforços para polônia europa central refugiados europa interesses ucrânia êxodo moradores fronteira fumaça ministério da defesa ucrânia guerra cibernética guerra híbrida guerra Ucrânia guerra ucrênia refugiados hacker hackerativismo hackers invasão de sites invasão na Ucrânia invasão russa joe biden jogadores brasileiros Kiev futebol Kiev bombardeada líder separatista mercenários Rússia ucrânia Mísseis atingem Kiev negação de serviço obsessão de Putin Ucrânia onde fica a ucrânia ONU ONU condenam rússia oposição renúncia presidente ucrânia Otan otan potencial bélico otan tropas países neutros anexação Rússia territórios separatistas polônia ajuda armar ucrânia polônia exige ucrânia por que a rússia quer invadir a ucrânia por que a ucrânia é tão importante preço petróleo guerra ucrânia proteção cibernética Putin putin ataca Ucrânia putin blefe Putin EUA ameaça Putin lidera exercícios nucleares qual a importância da ucrânia no cenário geo-político Rússia Rússia ataques na fronteira Rússia comércio bilateral brasil russia encerra manobras militares Rússia expulsa americano embaixada Rússia fertilizantes rússia fornecedor insumos agro russia fronteira ucrânia Rússia invade Ucrânia Rússia invasão iminente? Rússia lista ucranianos assassinados rússia mapa Rússia planeja decapitar governo da ucrânia Rússia retirada crimeia Rússia testa mísseis Rússia Ucrânia atividade econômica rússia ucrânia exército rússia ucrânia fronteiras Rússia Ucrânia gás Rússia Ucrânia história Rússia Ucrânia interesses comerciais rússia ucrânia mapa Rússia Ucrânia Otan Rússia Ucrânia poderio bélico Rússia Ucrânia população rússia ucrânia potencial bélico Rússia Ucrânia revolução soviética Rússia Ucrânia tanques aviões rússia ucrânia tropas russos bombardeiam Kiev sanções contra putin terão efeito? sanções UE Rússia Sebastian Vettel secretário de estado EUA invasão ucrânia Segurança Cibernética segurança digital separatistas ucrânia serviço de segurança russo tecnologia tropas avançam territórios separatistas tropas russas vão atacar secretário de defesa EUA Lloyd Austin Ucrânia ucrânia 3ª guerra mundial? ucrânia estado de emergência ucrânia impacto no Brasil ucrânia lei marcial ucrânia mapa ucrânia população Ucrânia repercussão ucrânia sanções UE vírus Vladimir Putin volodymyr zelensky Zelensky