Finanças

Ano de 2021 acumula 13 aberturas de IPOs; 32 aguardam autorização

Crédito: Divulgação/B3

Ao menos 32 companhias aguardam autorização para estrear seu IPO na B3 (Crédito: Divulgação/B3)



Em 2021, 13 empresas no Brasil lançaram uma oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), ou seja, suas ações são vendidas ao público em geral na bolsa de valores brasileira (B3).

Segundo a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que regula esse mercado no País, os IPOs de 2021 movimentaram R$ 10,6 bilhões com a venda de ações. O último foi o da CSN Mineração (R$ 1,37 bilhão).

+ CSN faz IPO de R$ 5,2 bi de mineradora e promete redução de endividamento
+ Caixa tenta provar modelo de negócio de banco digital, de olho em IPO nos EUA

Ainda de acordo com o órgão, ao menos 32 companhias aguardam autorização para estrear seu IPO na B3. Confira a lista neste link.



IPOs em 2020

Somente em 2020, 28 empresas entraram na B3. Foi maior número desde 2007, quando foram registradas 64 ofertas iniciais de ações.