Economia

Anfavea: ociosidade do setor deve terminar 2018 em 39% ante pico de 50% na crise

Com o crescimento das vendas de veículos no Brasil, a ociosidade das fábricas tem caído, afirmou o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Antonio Megale. Ele espera que o ano termine com ociosidade de 39%, contra um pico de 50% durante a crise econômica.

A indústria automobilística brasileira tem capacidade para produzir cerca de 5 milhões de veículos por ano, entre automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus. A expectativa de produção para este ano é de 3 milhões de unidades.

Veja também

+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?