Economia

Aneel reduz em 4,55% tarifa que dá base a royalties de hidrelétricas

A Agência Nacional de Energia Elétrica aprovou nesta terça-feira, 15, redução de 4,55% na Tarifa Atualizada de Referência (TAR) e fixou o valor em R$ 76,00/MWh para 2021. O valor tem impacto nos recursos que serão pagos pelas geradoras de energia elétrica à União, Estados, Distrito Federal e municípios como compensação financeira pelo alagamento de terras nas áreas destinadas às usinas hidrelétricas.

Já o Preço Médio da Energia Hidráulica para o próximo ano será de R$ 186,88/MWh – aumento de 27,38% em relação ao preço atual.

Segundo a agência, a alta reflete os novos valores dos contratos de cotas de garantia física, reajustes significativos nos contratos de energia ao longo do período entre revisões, além do impacto da cotação do dólar sobre a energia de Itaipu.

Os valores entram em vigor a partir de 1º de janeiro.



Itaipu

A Aneel também aprovou nesta terça-feira o valor da tarifa de repasse da energia produzida pela usina de Itaipu em US$ 28,07 kW por mês. A nova tarifa entrará em vigor a partir do dia 1º de janeiro de 2021.

O valor representa redução de 1,18% em relação à tarifa vigente em 2020, de US$ 28,41 kW/mês.

A tarifa será paga pelas distribuidoras que adquirem cotas para aquisição da energia gerada na hidrelétrica, que é comercializada pela Eletrobras.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel