Economia

Aneel propõe reajuste médio de 6,11% nas tarifas da Equatorial Maranhão

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) propôs nesta terça-feira, 1º de junho, reajuste médio de 6,11% nas tarifas da Equatorial Maranhão, antiga Cemar. Os reajustes devem passar a valer em 28 de agosto.



Para os consumidores de alta tensão, como as indústrias, os efeitos médios serão de 9,05%. Já para os atendidos em baixa tensão, que inclui os residenciais, o impacto médio será de 5,59%.

O reajuste diz respeito à quinta revisão tarifária da empresa. O processo é realizado, no intervalo de quatro anos, para manter o equilíbrio econômico-financeiro das distribuidoras.

A proposta será submetida à consulta pública de 2 de junho a 16 de julho. Após essa fase, a diretoria da agência irá analisar as contribuições recebidas e definir os reajustes.




Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?