Economia

Aneel decide adiar o reajuste tarifário da CPFL Paulista

A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu nesta terça-feira, 6, adiar a aplicação de reajuste tarifário para os consumidores da CPFL Paulista (São Paulo), tento em vista que o regulador está finalizando um conjunto de ações para “segurar as tarifas”.

Segundo o diretor relator Efrain Pereira da Cruz, a casa estuda alternativas para manter a modicidade tarifária, em um momento que os reajustes se “mostram fora da realidade” e de grande vulnerabilidade da capacidade de pagamento dos consumidores por causa da pandemia. Decisão semelhante foi tomada nesta mesma terça-feira para a Energisa Mato Grosso.

De acordo com o diretor geral da Aneel, André Pepitone, tudo que está sendo feito com o acordo das distribuidoras.

Segundo ele, “ações administrativas” estão sendo tomadas para “conter a escalada das tarifas”. “Vamos precisar de mais alguns dias para concluir alguns cálculos”, disse. A expectativa é que uma decisão final seja tomada nas próximas duas semanas.

Alguns contratos das concessionárias de distribuição estão indexados ao Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), que nos últimos 12 meses subiu mais de 30%. Alguns contratos de concessão de distribuidoras, porém, tem com índice de correção o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel