Relatório Anual 2021

Americanas S.A. amplia atuação em favelas e formará mais de 5 mil mulheres em tecnologia até 2023

Companhia divulga relatório anual com importantes metas socioambientais, a fim de crescer de forma rentável e sustentável

Crédito: Divulgação

A Americanas S.A. divulgou o Relatório Anual 2021 – o primeiro após a combinação das operações de Lojas Americanas e B2W Digital. Além de trazer os resultados das diferentes frentes da companhia e da estratégia ESG, o documento torna públicas as metas socioambientais da Americanas S.A.

Entre os destaques do pilar social da estratégia ESG da companhia no ano anterior estão o ingresso no Movimento Pela Equidade Racial (MOVER), coalizão de empresas e instituições que tem como um de seus objetivos criar 10 mil posições para negros em cargos de liderança até 2030, e a contratação de mais de 7 mil jovens em situação de vulnerabilidade pelo Um Milhão de Oportunidade (1MiO) – iniciativa liderada pelo UNICEF que tem como meta gerar um milhão de oportunidades de acesso à educação de qualidade, inclusão digital, formação profissional e vagas de emprego para jovens em situação de vulnerabilidade.

Ainda na frente de inclusão, a Americanas S.A. pretende formar mais de 5 mil mulheres em tecnologia, com a criação de um programa que fomenta a educação em tecnologia em diferentes regiões do País; e alcançar 50 comunidades por meio da Americanas na Favela – hoje, a companhia está presente em 7 favelas no Rio de Janeiro e em São Paulo, que além de aprimorar a experiência de milhares de moradores, gera emprego e capacitação nas comunidades onde atua.

No pilar ambiental, a companhia destaca o lançamento de um plano de descarbonização, que inclui metas para mitigar seus impactos ambientais e neutralizar suas emissões até 2025, como o fortalecimento de uma frota logística multimodal e ecoeficiente, redução da geração de resíduos sólidos e uso de energia limpa nas lojas físicas. Em linha com esse plano, a Americanas S.A. assinou, em março deste ano, o Compromisso Business Ambition for 1.5°, com o objetivo de desenvolver uma meta de redução das emissões com base na ciência (SBT) e alcançar o Net Zero.

Como consequência destas ações em linha com a Agenda 2030 da ONU, a companhia tem alcançado importantes conquistas, como o reconhecimento entre as 10 varejistas líderes em sustentabilidade no mundo, de acordo com o The Sustainability Yearbook 2022, e a inclusão, pelo oitavo ano consecutivo, no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3.

Futuro e compromissos assumidos 

A Americanas traçou metas alinhadas com os cinco Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) definidos como prioritários dentro de sua estratégia ESG: ODS 4, para promoção da educação de qualidade; ODS 5, de igualdade de gênero; ODS 8, que prevê o trabalho digno e crescimento econômico; ODS 10, para redução das desigualdades; e, por fim, o ODS 13, que engloba iniciativas para mitigar os impactos das mudanças climáticas.
Relatório da companhia é produzido de acordo com práticas internacionais de monitoramento e reporte da sustentabilidade corporativa, tem auditoria independente e segue os padrões do Global Report Initiative (GRI), do Sustainability Accounting Standards Board(SASB) ​e do Task Force on Climate Related Financial Disclosures (TCFD), frameworks que garantem a confiabilidade e clareza das informações prestadas.