Negócios

Amazon teve quase 20 mil funcionários com covid-19

Crédito: Divulgação

A Amazon vinha recebendo pressão de ativistas que pediam mais transparência na divulgação de casos envolvendo covid-19 entre seus funcionários (Crédito: Divulgação)

Quase 20 mil trabalhadores da Amazon contraíram a covid-19. A principal rede de varejo do mundo revelou o número de funcionários infectados após muita pressão de ativistas nos Estados Unidos.

Em seu blog, a Amazon disse que o maior número de casos esteve em Minnesota, onde 3,17% dos trabalhadores da companhia contraíram o vírus da covid-19.

+ Amazon avança na nuvem
+ Amazon retira do site máscaras de Halloween do coronavírus
+ Amazon lança nova data promocional no País

Segundo o The Guardian, uma coalizão de grupos ativistas, a Athena, entrou em campanha por uma supervisão mais firme sobre a Amazon e pediu investigações sobre a forma como os funcionários estavam sendo cuidados enquanto realizavam suas atividade, além de exigirem a publicação de relatórios periódicos com o número de trabalhadores infectados.

A empresa disse que fornece um seguro de saúde abrangente e uma folga remunerada para o trabalhador que precisar entrar em quarentena. Além disso, estabeleceu um novo protocolo de limpeza nos armazéns para evitar a propagação do vírus.

São mais de 1,3 milhão de funcionários trabalhando para a companhia. As projeções são que se a incidência de casos internos estivesse na mesma proporção da população norte-americana que foi infectada, o número de casos seria de 33.952 casos, valor que ficou abaixo disso na contagem final, por volta de 19 mil.

A previsão agora é de fechar o mês de novembro realizando 50 mil testes diários nos funcionários espalhados em 650 bases. Não houve, no entanto, uma divulgação de quantos funcionários chegaram a morrer por covid-19.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel